Reino Unido recebe Festival da Eurovisão em 2023

O país que ganhou este ano o Festival da Eurovisão não pode organizar o evento em 2023. A decisão é oficial: o Reino Unido, segundo classificado, vai receber o Festival.

Em junho, a União Europeia de Radiodifusão (UER), que organiza o evento, afirmou que as condições de segurança não eram adequadas para a Ucrânia acolher o concurso e lançou negociações com o Reino Unido. "Na sequência de um pedido da União Europeia de Radiodifusão e das autoridades ucranianas, a BBC concordou em acolher o concurso no próximo ano", disse a ministra da Cultura do Reino Unido em comunicado. "Lamento que, devido ao derramamento de sangue provocado pela Rússia, não tenha sido possível acolher o evento na Ucrânia, onde deveria ter lugar", afirmou Nadine Dorries.

A BBC disse que o concurso vai sublinhar "a cultura e património da Ucrânia". A emissora pública britânica, que emite Eurovisão desde 1956, iniciará o processo de seleção para a cidade anfitriã esta semana. Glasgow, a maior cidade da Escócia é uma das favoritas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos