Rejeição de Ciro Gomes cresce e empata com a de Bolsonaro, aponta Genial/Quaest

Ciro Gomes é desconhecido por 11% dos eleitores, segundo pesquisa Genial/Quaest (Foto: Mateus Bonomi/Anadolu Agency via Getty Images)
Ciro Gomes é desconhecido por 11% dos eleitores, segundo pesquisa Genial/Quaest (Foto: Mateus Bonomi/Anadolu Agency via Getty Images)

A rejeição ao candidato Ciro Gomes (PDT) cresceu 4 pontos percentuais, o que fez com que ele empatasse com o presidente Jair Bolsonaro (PL) no quesito. A pesquisa Genial/Quaest mostrou que 54% eleitores conhecem Ciro, mas não votariam nele – mesmo índice de Bolsonaro.

Desde o levantamento feito no mês de julho, Ciro passava por uma redução da rejeição. Ele estava com 55%, chegou ao patamar mais baixo entre 31 de agosto e 14 de setembro, com 50%, e disparou para 54%.

Bolsonaro, por outro lado, já chegou a 66% de rejeição e conseguiu reduzir o índice, agora de 54%.

A principal diferença entre eles está no índice de quem conhece e votaria: 32% sabem quem é Jair Bolsonaro e votariam nele, enquanto 5% conhecem Ciro Gomes e votariam nele. Enquanto 10% poderiam votar no atual presidente, 28% cogitam o voto no pedetista.

O índice de eleitores que não conhecem Ciro é de 11% e os que não sabem quem é Bolsonaro são apenas 2%.

A terceira maior rejeição é a de Lula (PT), em quem 46% dos eleitores dizem que não votariam; outros 37% conhecem e votariam e 14% poderiam votar; 1% não conhecem o petista.

A pesquisa ouviu 2 mil eleitores entre os dias 17 e 20 de setembro. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. O registro no TSE é o BR-04459/2022.

Desconhecimento

O candidato mais desconhecido é Felipe d’Ávila (Novo): 71% dos eleitores não sabem quem é. Em seguida, está Soraya Thronicke (União Brasil), com 64%, e depois, Simone Tebet (MDB), desconhecida por 51% dos eleitores.

Veja as últimas pesquisas eleitorais para presidente: