Relatório sobre investigação russa nos EUA deve ser publicado na quinta

Combinação de imagens de Donald Trump (E), Bill Barr e Robert Mueller (D)

Uma versão editada do relatório final do promotor especial Robert Mueller sobre a investigação dos laços entre a Rússia e a campanha eleitoral do presidente americano Donald Trump será publicada nesta quinta-feira, anunciou o Departamento de Justiça nesta segunda-feira.

A divulgação do relatório de 400 páginas, a partir do qual as informações confidenciais serão removidas, ocorrerá mais de três semanas após a divulgação de um resumo polêmico preparado pelo Procurador-Geral Bill Barr, que Trump afirmou ser uma "exoneração total".

Segundo o resumo de quatro páginas, Mueller concluiu que não há evidências de coluio entre a Rússia e Trump, então candidato republicano nas eleições presidenciais de 2016.

Desde então, Trump arremeteu contra a investigação, que chama de ilegal e "tentativa de golpe" de Estado, afirmando que incluiu espionagem de sua operação de campanha eleitoral de 2016.

"Se não houve conluio, por que motivo houve uma investigação? A resposta: policias corruptos, democratas e Hillary (Clinton) a ardilosa", escreveu Trump no Twitter nesta segunda-feira, retomando seus ataques contra a ex-adversária de campanha em 2016.