Relator da MP 1118 recua em biodiesel e setor elétrico, mas mantém taxa para petróleo

Plenário da Câmara dos Deputados

SÃO PAULO (Reuters) - O relator da Medida Provisória 1118, deputado Danilo Forte (União-CE), retirou de seu parecer propostas relacionadas a mudanças de regras do setor elétrico e ao aumento da mistura de biodiesel no diesel, conforme documento visto pela Reuters.

As propostas não tinham relação com o teor original da MP, que prevê a anulação, até o fim deste ano, de créditos tributários para empresas que compram combustível para uso próprio.

O deputado manteve, porém, um "jabuti" relacionado à definição de imposto de exportação de petróleo. Ele apresentava seu parecer no plenário da Câmara, neste início de tarde.

O parecer inicial de Forte foi divulgado na noite de terça-feira e revisado. A MP deve ser votada nesta quarta-feira no plenário da Câmara.

(Por Letícia Fucuchima)