Relembre famosos que morreram em acidentes aéreos

·3 min de leitura
***ARQUIVO***BAURU, SP, 24.11.2017 - Show da cantora Marília Mendonça na cidade de Bauru, no interior paulista. (Foto: Adriano Vizoni/Folhapress)
***ARQUIVO***BAURU, SP, 24.11.2017 - Show da cantora Marília Mendonça na cidade de Bauru, no interior paulista. (Foto: Adriano Vizoni/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A cantora Marília Mendonça, 26, morreu na queda de uma aeronave, em Piedade de Caratinga (309 km de Belo Horizonte), na tarde desta sexta-feira (5). Outros famosos também morreram em acidentes aéreos, causando comoção no Brasil e no mundo.

Um dos acidentes aéreos mais emblemáticos foi o que matou os cinco integrantes da banda Mamonas Assassinas, no auge da carreira, em 1996. Outras quatro pessoas que estavam na aeronave também morreram.

O jato executivo Learjet que transportava o grupo recebeu permissão para pousar, mas arremeteu e a torre de comando perdeu contato. A aeronave rasgou 400 metros de mata no Parque Estadual da Cantareira e abriu uma clareira no local da queda.

Em 2020, o mundo do esporte reagiu com espanto e profundo pesar à morte do astro do basquete Kobe Bryant, 41, em um acidente de helicóptero em Calabasas, na Califórnia, cidade próxima a Los Angeles. Uma das filhas de Bryant, Gianna, 13, também estava no helicóptero e morreu.

O cantor Gabriel Diniz, 28, conhecido pelo hit "Jenifer", morreu aos 28 anos na queda de um avião de pequeno porte em uma região de manguezal no Porto do Mato, em Sergipe, em maio de 2019.

A aeronave não tinha autorização para fazer táxi aéreo. Segundo informações da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), o monomotor era do Aeroclube de Alagoas e tinha a autorização apenas para fazer voos de instrução.

Três meses antes do cantor, o jornalista e apresentador da Band Ricardo Boechat, 66, morreu na queda de um helicóptero na rodovia Anhanguera, em São Paulo. No acidente, a aeronave bateu na dianteira de um caminhão que transitava pela via.

Outra tragédia que chocou o país foi a queda do avião com parte dos jogadores da Chapecoense e dos jornalista, em Medellín, na Colômbia, em 2016. Ao todo, 71 pessoas morreram e seis sobreviveram no acidente causado por falta de combustível, segundo relatório final da. Agência Aeronáutica Civil da Colômbia

O voo da empresa Lamia, proveniente da Bolívia, transportava 9 tripulantes e 68 passageiros. Ao menos 22 jornalistas de Fox Sports, Globo, RBS e rádios estavam no voo.

Em 2014, o candidato do PSB à Presidência da República, Eduardo Campos, 49, morreu quando o avião em que estava com assessores caiu sobre um prédio em Santos (litoral de SP).

Campos tinha 49 anos e estava em terceiro lugar na corrida presidencial. Tinha 8% das intenções de voto, de acordo com o Datafolha. Ex-governador de Pernambuco e ex-ministro de Ciência e Tecnologia do governo Lula, Campos era considerado um dos políticos mais promissores de sua geração.

A cantora norte-americana de rythm & blues Aaliyah morreu aos 22 anos em um acidente aéreo Bahamas, em 2001. O acidente também provocou a morte de outras oito pessoas.

O avião decolou com problemas, do aeroporto Marsh Harbor, e deveria seguir para Opa-Locka, na Flórida. Segundo a rede de televisão CNN, Aaliyah viajava às Bahamas para gravar um videoclipe.

O cantor de música country John Denver morreu aos 53 pilotando o próprio avião, em na Califórnia, em 1997. Familiares do cantor disseram na época que a aeronave decolou do aeroporto de Monterrey, na Califórnia, e o acidente ocorreu 27 minutos após a decolagem. O avião caiu na baía de Monterrey.

Outros artistas que morreram precocemente em acidente aéreo foram pioneiros do rock Buddy Holly, Ritchie Valens e J.P. "The Big Bopper" Richardson. Há 62 anos, no dia 3 de fevereiro de 1959, o avião que os transportava caiu próximo a Clear Lake, Iowa, nos Estados Unidos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos