Relembre os visuais de Xuxa, da ‘xuquinha’ ao cabelo raspado, no dia em que a apresentadora completa 58 anos

Extra
·4 minuto de leitura

Apresentadora, atriz, cantora, empresária, modelo... Xuxa Meneghel acumula uma bagagem farta de atividades ao longo de sua história. Com uma carreira que se iniciou ainda aos 16 anos, a gaúcha já se mostrou para o público de muitas formas. Hoje, a Rainha dos Baixinhos completa 58 anos, mas garante que correr atrás da beleza o tempo todo não é uma prioridade.

LEIA TAMBÉM:

— As pessoas querem ver o que existiu no passado, porém meu presente e meu futuro são esses: ficar cada vez mais sem colágeno, sem o mesmo corpo e rosto. Não quero pirar e fazer coisas das quais vou me arrepender depois. Até penso em algum dia fazer plástica, mas para mim, não para o povo. Se não acontecer nada anormal, levando uma vida saudável e vegana, vou viver muito. Vou na hora que Deus quiser e espero que respeitem a vontade dele e a minha de não me matar para viver “linda” ou jovem na memória do público — disse em entrevista ao EXTRA.

Apesar dos 42 anos agitados de carreira, ela conta que não é muito de se vangloriar pelas realizações do passado e explica:

— Não sou de olhar para trás. Sempre esqueço esse “histórico de conquistas e sucessos”. Se pensar nisso o tempo todo, meu ego pode me engolir. Quando olho para o passado, vejo coisas incríveis e algumas truncadas: pessoas que me enganaram, usaram, roubaram e, às vezes, mexer nisso dói.

Relembre algumas mudanças ao longo da carreira!

Top model novinha

Revirando o baú, é possível achar registros de Xuxa como modelo. Com o rostinho ainda bem jovial, a dona do hit "Ilariê" estampou capas de diversas revistas e fez ensaios e desfiles até mesmo fora do país.

"Xou da Xuxa" e suas marcas

Em 1986, ela estreou com seu programa infantil da Rede Globo, no qual dividia o palco com as famosas paquitas e chegava com a sua tradicional nave espacial em todas as aberturas. A caracterização da gaúcha também era outro marco: o penteado de “xuquinhas” e uma franjinha na testa.

— Brincar com a Xuxa dos anos 80 e a de hoje é sempre divertido, porque mexe com a memória afetiva das pessoas — apontou a cantora.

Reconhecimento internacional

Ela brilhou dentro e fora do país. Xuxa foi convidada a entregar um prêmio e fazer uma performance no Emmy Internacional de 1990. Seus três primeiros álbuns ganharam versões em espanhol, assim como seu programa, que conquistou a grade de países estrangeiros.

Xuxa mais despojada

Em 1994, a Rainha dos Baixinhos embarcou em um programa para pré-adolescentes, exibindo gincanas e convidando atrações musicais, o “Xuxa Park”. Pensando em se adaptar ao novo público, a caracterização doce deu lugar a um estilo mais despojado, com gorro, cabelos repicados, calça e até coturnos.

Grandes produções

Programas dançantes também integram a grande lista de conteúdos já apresentados pela cantora. Xuxa, além das paquitas, chegou a ter o grupo You can Dance nos palcos, com quem performava coreografias. Nessa época, a loura usava e abusava de apliques e perucas, sempre renovando o visual, além de aparecer fantasiada muitas vezes.

O novo visual de mãe

Em 1998, a dona do hit "Lua de cristal" realizou seu sonho de ser mãe, ao dar à luz Sasha. Como marco de uma nova fase na sua vida, o visual com os cabelos mais curtinhos ganhou a vez. As madeixas aparadas estiveram com a ex-modelo durante sua trajetória com os álbuns “Xuxa só para baixinhos”, que teve 14 edições. A segunda e terceira foram responsáveis pelos dois Grammy Latinos da carreira.

Xuxa morena?!

Em 2012, como apresentadora do “TV Xuxa”, ela assustou os fãs aos aparecer de cabelos pretos em frente às câmeras. Mas o look acabou não durando por muito tempo, já que tudo não passava de uma campanha para uma marca de tinturas da qual Xuxa era a garota-propaganda.

O cabelo raspado com a maturidade

Depois de chegar em uma nova emissora de TV, a Record, a mãe de Sasha assumiu outro look para marcar aquele momento. Em entrevista ao EXTRA em 2019, a apresentadora contou que resolveu passar a máquina nos cabelos como um ato de “libertação”, já que sempre teve problemas para cuidar das madeixas.

Na nova casa, a artista teve um programa de talk-show e também apresentou um concurso de dança.

A proximidade dos 60

Depois de ter marcado gerações, com diversos programas exibidos na televisão brasileira – e até de outros lugares do mundo – Xuxa agora está sem emissora. Hoje, a Rainha dos Baixinhos esbanja disposição, mas não teme uma "aposentadoria" para o futuro.

— Ficar em casa é bom, mas eu preciso mexer minha cabeça, senão piro. Não sei se as pessoas vão querer me ver muito velha na frente das câmeras, mas, se eu vou conseguir ficar no meu cantinho, é outra coisa. Nunca parei de trabalhar desde os meus 16 anos. Tenho muito o que fazer ainda. Mas, depois, vou amar ficar num sítio com meu velho (marido, Junno Andrade) e meus bichos, perto da natureza, namorando e esperando meus netos para brincar.