Remake de 'O guarda-costas' gera campanha para que Lizzo interprete papel de Whitney Houston

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
whtiney-houston-e-lizzo.png
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Desde que foi anunciado, nesta semana, o remake do filme "O guarda-costas" (1992), clássico da década de 1990 protagonizado pela cantora Whitney Houston (1963-2012) e pelo ator Kevin Costner, fãs da cantora americana Lizzo iniciaram uma campanha nas redes sociais para que ela assuma o papel principal na nova versão da história.

Em vídeo publicado no Tik Tok, Lizzo apoiou os fãs e ressaltou que só estrelaria o longa-metragem se o seu par romântico da ficção fosse interpretado pelo ator Chris Evans (da franquia "Capitão América"). "O que vocês acham?", perguntou a cantora aos seguidores, demonstrando que adoraria dividir a cena com o galã.

Com direção de Mick Jackson, "O guarda-costas" apresenta o romance entre uma cantora e seu segurança particular. Na trama que arrecadou mais de US$ 400 milhões de bilheteria mundial à época da estreia, a artista popstar recebe cartas anônimas com ameaças graves e passa a ter proteção constante de um profissional. Os dois se envolvem a partir daí, enquanto o perseguidor da cantora se aproxima.

Lawrence Kasdan, roteirista do filme, atuará como produtora no remake, ainda sem previsão de estreia. A nova versão será dirigida por Matthew Lopez, conhecido pela carreira no teatro. O elenco está sendo definido.

Vale lembrar que "O guarda-costas" consagrou uma das mais famosas trilhas sonoras do cinema. A música tema do filme, "I will always love you", eternizada na voz de Whitney Houston, se tornou hit no ano em que o filme foi lançado —a trilha ainda é a mais vendida no mundo até hoje.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos