Remo denuncia ofensas racistas de torcedores e Cruzeiro se desculpa: 'Inaceitável'

·1 min de leitura

Um novo episódio de racismo nas arquibancadas brasileiras levou o Cruzeiro a se manifestar pedindo desculpas pelas atitudes de torcedores. Na vitória por 3 a 1 sobre os mineiros, nesta quinta-feira, pela Série B, o atacante Jefferson, autor do segundo gol da equipe paraense, foi alvo de ofensas racistas no Independência.

Em vídeo postado pelo Remo, o jogador é xingado e chamado de "macaco" enquanto comemorava seu gol. "Até quando isso? O que ainda vai precisar acontecer para tomarem alguma atitude?", escreveu o clube paraense. Assista:

A denúnica movimentou o clube celeste. Também em postagem em suas redes sociais, o Cruzeiro lamentou o episódio, pediu desculpas ao Remo e a Jefferson e prometeu fazer o possível para identificar o autor dos xingamentos.

"O que aconteceu com o atleta Jefferson, do Remo, foi, é, e sempre será, inaceitável", escreveram os mineiros.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos