Renan Calheiros quer convocar Braga Netto para depor na CPI da Covid

·1 minuto de leitura
***FOTO DE ARQUIO***BRASÍLIA, DF, 10.06.2021 - O ministro da Defesa, General Braga Netto. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
***FOTO DE ARQUIO***BRASÍLIA, DF, 10.06.2021 - O ministro da Defesa, General Braga Netto. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O relator da CPI da Covid, Renan Calheiros (MDB-AL), disse nesta terça-feira (13) que a Câmara dos Deputados aprovou um requerimento para convocar o ministro da Defesa, Walter Braga Netto, a depor por conta da nota publicada contra as falas do presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM) . Ele disse que a CPI deveria fazer o mesmo.

"Acho que providência igual deve ser feita por essa CPI. Quem nós apreciemos o mais rapidamente possível o requerimento de convocação de Braga Netto pelo seu envolvimento no enfrentamento a pandemia", avalia Renan Calheiros.

Braga Netto e os comandantes das Forças Armadas divulgaram uma nota em que repudiam declarações feitas pelo presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz (PSD-AM), na sessão de quarta-feira (7) da comissão.

Aziz afirmou que há muitos anos o Brasil "não via membros do lado podre das Forças Armadas envolvidos com falcatrua dentro do governo".

Na nota, compartilhada pelo presidente Jair Bolsonaro nas redes sociais, Braga Netto e os comandantes afirmam que o senador, em sua fala, desrespeitou as Forças Armadas e generalizou esquemas de corrupção.

"As Forças Armadas não aceitarão qualquer ataque leviano às instituições que defendem a democracia e a liberdade do povo brasileiro", disseram na nota.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos