Renan pulando a cerca da CPI é a imagem que você precisa ver na sua sexta

·2 minuto de leitura
Renan CAlheiros abandona sessão da CPI da Covid no Senado (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado)
Renan CAlheiros abandona sessão da CPI da Covid no Senado (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado)
  • O senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, "pulou fora", literalmente, da sessão desta sexta-feira (18)

  • O momento em que o senador abandonou da comissão foi flagrado por um fotógrafo da Agência Senado

  • Os senadorem ouvem hoje os médicos defensores do chamado "tratamento precoce" contra a Covid-19, Ricardo Ariel Zimerman e Francisco Cardoso Alves

O senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, "pulou fora", literalmente, da comissão desta sexta-feira (18). Logo no início da sessão, Calheiros se irritou e disse que não ficaria mais ali ouvindo "esse tipo de irresponsabilidade".

"Nós chegaremos sábado provavelmente a meio milhão de mortes pela covid-19 no Brasil e continuamos a ouvir esse tipo de irresponsabilidade", alegou o relator.

Leia também:

Os senadorem ouvem hoje os médicos defensores do chamado "tratamento precoce" contra a Covid-19 — que nada mais é do que um coquetel com medicamentos sem eficácia contra o vírus, como a cloroquina e sua derivada hidroxicloroquina — Ricardo Ariel Zimerman e Francisco Cardoso Alves.

O momento em que o senador "pula fora" da comissão foi flagrado por um fotógrafo da Agência Senado.

“Eu me recuso, não dá para continuar nessa situação”, disse Renan Calheiros. “Ainda continuarmos a ouvir esse tipo de irresponsabilidade. Precisamos dar um basta nisso tudo”, afirmou.

Durante a CPI da Covid, os senadores ouvira mdiversas falas negacionistas de aliados do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Em diversos momentos, o relator se irritou com algumas falas, inclusive as do filho mais velho do presidente, o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ).

Eu não estou dando a palavra a Vossa Excelência. Não me interrompa, por favor. Seu pai parece que não lhe deu educação”, disse o relator a Flávio, que interrompia a fala do ex-governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel, em depoimento à comissão na última quarta-feira (16).

Em depoimento à comissão, a médica infectologista Luana Araújo chegou a lamentar as declarações negacionistas de Bolsonaro. "Falta informação de qualidade", disse. "A mim, me dói".

Base aliada do governo fica "indignada"

Nesta sexta, após Renan Calheiros abandonar a sessão, os senadores da base aliada ao governo ficaram indignados.

“Eu quero lamentar a atitude do senador Renan de não ouvir os depoentes. O senhor deveria questioná-lo. São dois pesos e duas medidas. São dois cientistas, que trataram diversos pacientes”, disse o senador Luís Carlos Heinze (PP-RS).

“Ouvir os dois lados é um gesto de grandeza. Nós ficamos até o final nas outras sessões. Covardes”, afirmou o senador Marcos Rogério (DME-RO).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos