Renata Brás, de 'A Praça é Nossa', estreia monólogo 'A Ciumenta': "Grande desafio"

Renata Brás estreia seu monologo “A Ciumenta”. (Foto:  Patrícia Magalhães/Divulgação)
Renata Brás estreia seu monologo “A Ciumenta”. (Foto: Patrícia Magalhães/Divulgação)

Renata Brás, atriz de “A Praça é Nossa”, no SBT, aproveitou o sucesso de sua personagem no programa para escrever o monólogo “A Ciumenta” junto com Samira Ramalho. No humorístico, Brás faz uma personagem muito ciumenta, que vive implicando com o marido Apolo. "A personagem foi criada pelo Carlos Alberto de Nóbrega. A cada semana, a repercussão aumentava e o público curtia. No começo, não sabia se ia agradar, mas na verdade recebo um feedback enorme através das redes sociais", explica ao Yahoo.

Estreia

Com direção de André Dias, o monólogo estreia dia 08 de julho às 21h no Teatro Itália, em São Paulo. “Era um sonho antigo fazer monólogo, mas imaginei algo mais dramático no estilo de Nelson Rodrigues, Pablo Neruda, algo nessa vibe. Escrever foi um grande desafio pois tinha tudo na cabeça e não sabia como colocar no papel e então a Samira entrou nesse projeto e me ajudou com o roteiro”, conta a atriz.

Sobre a peça

No espetáculo, Renata dá vida a uma mulher insegura e muito intensa, que tem uma relação com o marido de muita possessividade, o que a faz viver cenas que beiram ao ridículo. "A Ciumenta" é um monólogo sobre o ciúmes e as feridas abertas em um coração machucado e completamente apaixonado.

Cláudia Raia, Miguel Falabella e Davi Novaes participam com suas vozes em off enquanto a trama se desenrola. "Um dia fui no teatro assistir 'Os homens são de Marte…e é pra lá que eu vou', com a Mônica Martelli e saí de lá decidida a fazer comédia, um monólogo. A Mônica foi uma grande inspiração para mim, assim como a Suzana Pires, Ingrid Guimarães, mulheres que despertam em mim, essa coisa de querer fazer isso. Também me inspiro muito no Paulo Gustavo e até pensei em fazer uma montagem de 'Minha Avó é uma peça', porque minha avó é uma figuraça, a grande artista da família", revela Brás.

A atriz, que estava no elenco de "Brilho Eterno", peça de enorme sucesso com Reynaldo Gianecchini e Tainá Müller que ficou em cartaz até o início de junho, está super animada para a estreia da sua primeira obra autoral.

"As pessoas vão se divertir muito com o monólogo. Não é só sobre o ciúmes, mas o que a levou a ser ciumenta, quais as inseguranças dessa mulher e seus machucados da vida. Eu contei com a ajuda da minha psicanalista Dra. Fabiana Guntovitch para não deixar o tema só nessa coisa da comédia rasgada e trazer um pouco mais da psique da mulher, do ciúmes de maneira geral, trazendo no final um lado mais reflexivo sobre tudo isso”.Renata Brás

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos