Renato Gaúcho vira consultor de Jair Bolsonaro em discussões sobre retorno do futebol

Em meio à discussão sobre a volta do futebol durante a pandemia do novo coronavírus, Renato Gaúcho aparece em uma posição curiosa. O técnico do Grêmio se tornou uma espécie de consultor do presidente da República, Jair Bolsonaro, para debater sobre o retorno de jogos e treinos.

Bolsonaro e Renato Gaúcho conversaram por telefone no final da semana passada e a posição do técnico gremista foi de "não forçar a volta da rotina nos clubes e campeonatos". A informação foi confirmada pelo GLOBO. O presidente chegou a falar sobre uma conversa com um membro do futebol em entrevista na última segunda-feira, mas não citou o nome.

Renato Gaúcho foi buscado por ser um técnico da primeira divisão do Campeonato Brasileiro e que se posicionou recentemente sobre a pandemia. Os motivos alegados por Portaluppi para não voltar aos treinos foram devido a grande circuação de pessoas nas instalações dos clubes e o confronto contra adversários que não foram testados para a Covid-19.

Renato Gaúcho é um apoiador assumido de Bolsonaro e a dupla mantém amizade. O técnico gremista já chegou a defender o presidente em entrevista. A aproximação aconteceu durante as eleições de 2018.

- Gosto muito dele [Bolsonaro], muito do Sérgio Moro, para o crescimento do Brasil. É uma opinião minha. Acho que estão no caminho certo. Estão tentando mudar o Brasil - declarou o técnico tremista ao 'Globoesporte'.