Rennan da Penha celebra retorna ao trabalho e faz mistério: 'Quem vai ser o primeiro MC?'

Pouco mais de uma semana depois de deixar o presídio em Bangu 9, na Zona Oeste do Rio, onde estava preso desde abril, condenado em primeira instância por associação ao tráfico, o DJ Rennan da Penha já retomou às atividades e foi para estúdio produzir sua nova música de trabalho. Nas redes sociais, o artista aguçou a curiosidade dos seguidores:

"Amanhã estarei no estúdio produzindo. Vocês conseguem adivinhar quem vai ser o primeiro MC?", escreveu Rennan no Twitter.

Nos comentários não faltaram indicações de parcerias e até famosos foram pedir uma parceria, como a cantora Lellê (ex-Dream team do passinho).

"Eu e o Baco (Exu do Blues)", escreveu Lellê, que logo recebeu apoio de fãs.

Depois, no Instagram, Rennan fez uma live, em que apareceu animado, mostrando que estava discotecando. Foi só uma amostrinha do que vem por aí.

Mas a celebração de volta ao trabalho começou bem antes. Com emojis que mostram uma mão rezando, o funkeiro se mostrou agradecido pela liberdade e escreveu:

"Semana que vem começam as produções. Muito obrigado meu Deus por tudo", disse no Twitter e completou com outras mensagens bem humoradas e até de incentivo: "Acabou-se o que era doce", "essa semana começa" e "ninguém precisa me dar o mundo, eu mesmo vou conquistá-lo".

A liberação de Rennan da Penha da prisão foi feita com base na decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que derrubou, por seis votos a cinco, a possibilidade de prisão por condenados em segunda instância, ou seja, do cumprimento da pena somente após julgamento de todos os recursos.

Rennan da Penha havia sido absolvido na primeira instância do julgamento. Na ocasião, a Ordem dos Advogados do Brasil questionou a prisão de Rennan e afirmou que a condenação seria uma tentativa de criminalizar o funk.