Renner diz não ter pago resgate após ataque hacker

·1 minuto de leitura

As Lojas Renner afirmaram nesta-terça-feira que não houve pagamento de resgate após o ataque cibernético na última quinta-feira (dia 19). Em comunicado divulgado hoje, a varejista diz não ter tido qualquer contato com os autores.

A operação de e-commerce foi restabelecida nos sites na manhã do dia 21 (sábado) e, nos aplicativos, no dia 22 (domingo).

Além da página da varejista de vestuário, as da Camicado (loja de itens para o lar) e Ashua (marca de moda plus size), que também pertencem ao grupo, ficaram indisponíveis na semana passada.

O site da Youcom foi o único que seguiu operando normalmente. Lançada em 2013 em substituição à Blue Steel, a Youcom é a marca de moda jovem da varejista gaúcha.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos