Repórter mirim que entrevistou Bolsonaro, Esther Castilho é youtuber e já entrevistou ministros e famosos como Ivete Sangalo

·3 minuto de leitura

Nesta terça-feira, 18 de maio, Jair Bolsonaro abriu espaço em sua movimentada agenda para receber em seu gabinete Esther Castilho, uma repórter mirim bolsonarista, segundo informou o jornalista Lauro Jardim, colunista do jornal O Globo. Mas essa não foi a primeira vez que o presidente encontrou a menina, que fez 11 anos em abril. No ano passado, Esther participou de uma reunião ministerial e chegou a fazer diversas perguntas a ministros.

Em setembro, Bolsonaro recebeu a menina para um café da manhã e chegou a postar no Twitter uma foto do encontro. O presidente ainda divulgou o canal de YouTube da pequena, chamado Programa da Esther. Dois dias depois, Esther participou de uma das lives de Bolsonaro, e o encontro rendeu nas redes sociais por causa das falas — algumas, de duplo sentido — do presidente ao lado da menina. Entre outros assuntos, ele fez piada sobre pessoas gordas, misoginia e ainda defendeu o trabalho infantil.

Mas não é só sobre política que a menina fala: Esther já entrevistou famosos como Ivete Sangalo e Wesley Safadão.

Vaquinha só tem um doador

Do interior paulista, Esther diz ser apaixonada por comunicação e desde os 6 anos investe em seu canal, que tem 27,6 mil inscritos. Ela tem ajuda do pai, que filma e edita os conteúdos. O perfil da menina no Instagram tem um link para uma vaquinha on-line para ajudar a manter o Programa da Esther, que tem apenas uma pessoa apoiando, totalizando R$ 50 por mês.

A pequena praticamente tem passe livre ao círculo do presidente. Na terça-feira, além de encontrar Bolsonaro, ela teve reuniões com o ministro das Comunicações, Fábio Faria, e com o ministro Onyx Lorenzoni, da Secretaria-Geral da Presidência da República, com quem tirou uma foto fazendo uma oração. Esther também encontrou Braga Netto, ministro da Defesa.

Na segunda-feira, a menina postou uma foto rindo ao lado do General Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional. Ela também mostrou uma imagem em que aparece em uma "reunião importante" com Bia Kicis, uma das mais fiéis escudeiras do presidente: "Participando de uma reunião muito importante", escreveu Esther na legenda.

No YouTube, a menina também tem um vídeo com Carla Zambelli, uma das deputadas aliadas a Bolsonaro, além de entrevistas com outros ministros, como Damares Alves, dos Direitos Humanos.

O último vídeo da menina é de um evento com aglomeração no domingo, em que Bolsonaro e ela discursam para grupos ligados ao agronegócio. Naquele dia, os dois também almoçaram juntos.

"Quero agradecer ao presidente Bolsonaro por esse governo maravilhoso que ele está fazendo e a vocês que o elegeram", disse a menina, que completou: "E vamos que vamos, Bolsonaro 2022. Vai, Brasil!"

Pessoas ligadas ao agronegócio são justamente parte do público-alvo de Esther. Em seu canal, há diversos vídeos ligados à vida no campo. Os benefícios do amendoim, um informativo sobre a cana de açúcar e a vacinação da febre aftosa foram temas de alguns conteúdos postados pela menina. "Agro, a força do Brasil", foi legenda de uma foto postada em seu Instagram.

Esther, inclusive, incentivou seus 20,9 mil seguidores no Instagram a atos pró-governo promovidos por religiosos e ruralistas no último sábado. Os manifestantes se aglomeraram na Esplanada dos Ministérios, contrariando as recomendações de combate à Covid-19. No dia anterior ao protesto, a menina publicou no Instagram que estava tendo um dia de beleza, com direito a ida ao dentista e algumas vaidades.

Porém, não é só sobre política que a menina fala. Ela já foi ao programa "Hora do Faro", na Record, e também entrevistou diversos artistas, como Wesley Safadão, Henrique e Juliano, Ivete Sangalo, Leonardo. Os cantores de pagode Belo e Alexandre Pires também figuraram em registros da menina.