República Dominicana recupera 80% do turismo pré-pandemia

·1 minuto de leitura
(Arquivo) Praia de resort dominicano fechado durante a pandemia

A República Dominicana, país que depende fortemente do turismo, recuperou 80% dos visitantes que recebia antes da pandemia, informou nesta segunda-feira o Ministério do Turismo local. No mês passado, chegaram ao país caribenho 468.367 não residentes, cerca de 80% do total de junho de 2019.

O turismo "está em franca recuperação", tuitou o ministro David Collado. "Junho foi o melhor mês para o turismo em 14 meses".

A atividade turística representou uma receita de mais de 58 bilhões de dólares para o país entre 2010 e 2019, segundo seu Banco Central.

Famoso por suas praias e riqueza cultural, o destino arrecadou em 2019 mais de 7,4 bilhões de dólares com turismo, o equivalente a 8,4% do PIB. Sete em cada dez empregos foram gerados por hotéis, bares e restaurantes.

Os visitantes no sexto mês do ano foram 19,6% a mais do que em maio, disse o ministério. Diariamente entraram em média 13.512 turistas.

Até agora neste ano, o país recebeu 1,9 milhão de visitantes e a previsão é de que entre julho e dezembro ingressem 2,46 milhões. Um fluxo especialmente importante é estimado em dezembro, com mais de meio milhão de turistas.

O presidente da Associação Dominicana de Hotelaria e Turismo, Rafael Blanco, comemorou a repercussão, que está ligada às políticas de controle da covid-19 neste país de 10,5 milhões de habitantes, onde foram registrados 329.531 casos até domingo, com 3.857 mortes. Os turistas "entendem que a República Dominicana não representa um risco para sua saúde", disse Blanco aos repórteres.

Em 2019, a República Dominicana recebeu 6.446.036 turistas. Em 2020, foram 2.405.315 visitantes, uma queda de 62,7%, segundo o Banco Central.

str/erc/pgf/lda/lb/ap

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos