Reportagem: como a Suécia se tornou um laboratório mundial de bairros sustentáveis

A Suécia, um dos países mais desenvolvidos do mundo, também está na ponta da inovação para tornar as cidades mais sustentáveis. O país é pioneiro no planejamento de bairros ecológicos – da reciclagem e reutilização do lixo ao tráfego urbano, da autossuficiência em energia à ampliação dos espaços verdes, tudo é pensado para limitar as emissões de CO2 e a degradação ambiental.

Lúcia Müzell, enviada especial a Estocolmo

A RFI visitou dois bairros modelos de Estocolmo, escolhida a primeira capital verde europeia em 2010. A transformação do primeiro deles, Hammarby Sjöstad, se iniciou há 30 anos e já passa por novas modernizações, para se tornar neutro em emissões de gases de efeito estufa até o fim da década.

O segundo, Stockholm Royal Seaport, ainda está em construção e almeja ser ambientalmente positivo até 2040. Isso significa estar livre dos combustíveis fósseis e produzir mais energia do que consome, graças aos painéis fotovoltaicos espalhados pelos telhados e fachadas dos prédios, a uma maior eficiência energética e à transformação do lixo em biocombustível, utilizado para o aquecimento dos imóveis durante os dias frios.

Em um país nórdico com temperaturas glaciais durante boa parte do ano, a melhor época para visitar os dois bairros é a primavera, quando uma parte crucial dos projetos, ter ao menos 40% de áreas verdes, pode ser apreciada.

Em poucos metros de caminhada, a diferença é sentida pelos olhos e ouvidos. Bicicletas, patinetes e carrinhos de bebê tomaram, literalmente, o espaço outrora ocupado por carros e ônibus barulhentos. No Stockholm Royal Seaport, a meta é cortar a circulação de veículos motorizados em pelo menos 40% – e a maioria deles já são elétricos.


Leia mais

Leia também:
Conheça os adeptos do low tech, que fabricam as próprias máquinas e equipamentos
Roupas orgânicas podem até “crescer" com as crianças, mas penam a entrar no mercado
"As pessoas querem consumir de forma responsável", diz carioca dona de brechó infantil em Marselha

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos