Representante da Davati usa máscara com nariz descoberto, Randolfe pede para trocar acessório e internautas comentam

·1 minuto de leitura

Durante o depoimento do empresário Cristiano Alberto Hossri Carvalho, representante da Davati Medical Supply no Brasil, à CPI da Covid, um acessório chamou atenção: a máscara do depoente. Cristiano Carvalho chegou para a oitiva desta quinta-feira usando uma máscara folgada no rosto, que deixava o nariz de fora.

Logo no início da sessão o vice-presidente da comissão Randolfe Rodrigues (REDE) pediu à equipe presente no Senado que trouxesse uma máscara nova para o empresário. Cristiano se desculpou e concordou com a troca.

— Senhor Cristiano, só um minuto, por gentileza. Senhor presidente, estou pedindo para a secretaria, acho que seria adequado trocar a máscara do depoente, pois acho que a máscara está cedendo", disse Randolfe, que, no decorrer da sessão, chegou a solicitar outra máscara para o empresário.

Nas redes, os internautas não deixaram o episódio passar batido. O divulgador científico Átila Iamarino escreveu em seu perfil no Twitter: "que agonia", assim como a deputada federal Jandira Feghali (PCdoB/RJ), que disse que o representante da empresa estaria colocando "em risco todos do local".

Ao longo de seu depoimento, o empresário chegou a ficar com a máscara abaixo do nariz outras vezes.

Veja outras reações nas redes:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos