Reserva no Flamengo, Diego invade entrevista para constranger jornalista: 'Vale tudo'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Uma atitude do meio-campista Diego Ribas após o treino do Flamengo nesta terça-feira chamou a atenção e viralizou nas redes sociais. O jogador, reserva com o técnico Paulo Sousa, invadiu uma entrevista que era gravada com o volante Thiago Maia no CT Ninho do Urubu e constrangeu o repórter.

"O homem das meias verdades. Como que estamos? Que momento! O homem das meias verdades diretamente do Ninho do Urubu... Que momento nós estamos vivendo, Mengão. Vale tudo", provocou o camisa 10, que filmou toda a cena com o seu celular.

O próprio Thiago Maia se mostrou incomodado com a atitude do companheiro de elenco e chegou a perguntar se Diego estava se dirigindo a ele. Após filmar a cena, o meia deixou o local. Horas depois, o vídeo se espalhou pelas redes sociais.

Diego tem contrato com o Flamengo até dezembro e, por ora, a direção não apresentou proposta para estender o vínculo. O meia de 37 anos chegou ao clube em 2016 e acumula títulos da Libertadores, da Recopa Sul-Americana, da Supercopa do Brasil, da Copa do Brasil, do Brasileirão e do Carioca.

Renovação milionária

Diego Ribas custou ao clube mais de R$ 1 milhão em luvas e comissão quando teve o seu contrato renovado no fim de 2021. Os valores constam no balanço financeiro do terceiro trimestre, divulgado pela diretoria para apreciação de conselheiros, e também publicado no site do Flamengo.

Para ampliar o vínculo do camisa 10 por mais uma temporada, o Flamengo desembolsou R$ 500 mil no que designou como luvas, que são bonificações pela extensão contratual. E pela intermediação do acordo, a empresa 3D Negócios Imobiliários e Intermediações LTDA recebeu a quantia de R$ 674 mil. No total, a operação custou R$ 1174 milhão, mais salários.

Na ocasião da renovação, Diego não teve aumento em seus vencimentos. O Flamengo também gastou com luvas e comissão ao ampliar o contrato com Filipe Luís e Diego Alves. Foram R$ 614 mil, segundo o documento divulgado pelo clube, para ter o lateral esquerdo por mais um ano. No caso do goleiro, foram gastos R$ 302 mil.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos