Residência de princesa pode ser vendida por R$ 3 bilhões, maior valor da história

·1 min de leitura
Foto: Reprodução da internet.
Foto: Reprodução da internet.
  • O preço da Villa Aurora, casa do falecido Príncipe Nicolò Boncompagni Ludovisi, está avaliada em US$ 532 milhões;

  • O espaço se encontra no ponto mais alto da Muralha Aureliana de Roma e tem um mural pintado por Caravaggio;

  • Caso a venda aconteça em 2022, a Pricipessa Rita Boncompagni Ludovisi receberá metade do valor, enquanto familiares do Prícipe Nicolò receberão a outra parte.

A Pricipessa Rita Boncompagni Ludovisi está triste com a venda da antiga casa de seu falecido marido, Príncipe Nicolò Boncompagni Ludovisi. A Villa Aurora, como é conhecida, encontra-se no ponto mais alto da Muralha Aureliana de Roma e tem um mural pintado por Caravaggio. Agora, está à venda por US$ 532 milhões, cerca de R$ 3 bilhões na cotação atual.

Leia também:

O local está no meio de uma disputa acirrada que já dura anos. O motivo é a briga por herança entre a Princesa, uma norte-americana nascida no estado do Texas, nos EUA, e familiares do seu falecido marido.

Contudo, agora, Rita parece estar resignada em colocar o espaço para leilão por ordem de um tribunal da Itália. As batalhas judiciais pela herança remontam a 2018, período em que seu marido morreu.

Se o local for vendido pelo preço estimado pelo tribunal, será um novo recorde de residência mais cara já vendida, superando a venda de um complexo de apartamento na Victoria Peak de Hong Kong, em 2017, que custou US$ 361 milhões, cerca de R$ 2 bilhões na cotação atual.

Caso a venda da Villa Aurora seja realizada em 2022, a Principessa não sabe ao certo se continuará a morar na Itália.

Mesmo em meio ao conflito, foi determinado em juízo que Rita receberia metade do valor apurado na venda. Enquanto isso, a outra fatia iria para os três filhos de um casamento anterior de Nicolò

As informações são da Forbes.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos