Resoluções de ano novo: 5 dicas para cumprir seus objetivos nos próximos 365 dias

A virada do ano e as festas acabaram, agora é hora de colocar em prática todas as metas da lista de desejos. Arrumar a casa, emagrecer, conseguir um emprego novo, economizar dinheiro, adquirir um carro, entre muitos outros. Segundo um estudo da Universidade de Scranton, na Pensilvânia, porém, apenas 8% das pessoas conseguem cumprir seus objetivos no final do ciclo anual.

Você fecha a tampa do vaso para dar descarga? ciência mostra que deveria; entenda

Colesterol alto: cardiologista elenca os quatro piores alimentos para o problema

92% desistem das metas, e uma grande parte delas ainda nos primeiros cinco meses do ano. Um dos grandes motivos para isso ocorrer estão as metas mirabolantes com poucas chances de se concretizarem naquele ano e acaba desmotivando as pessoas a continuar no foco. Confira algumas dicas para não desistir das resoluções de ano novo:

Metas menores

Segundo os especialistas, traçar metas menores e celebrar os pequenos passos dados ao longo do ano é extremamente importante para começar. Um objetivo não tão ambicioso e progredir para níveis mais difíceis, como uma corrida de cinco quilômetros, e ir avançando na quilometragem com o passar dos meses e treinos, ou economizar poucas quantidades de dinheiro e ir aumentando progressivamente. Não se trata de estabelecer pequenas metas, mas pensar em cumprir os objetivos em etapas para alcançar resultados de longo prazo.

Quanto mais detalhes, melhor

Se atentar aos detalhes é importante na hora de listar objetivos. “ir à academia” é menor do que “ir à academia três vezes na semana”, pois além da ação, você está dando o tempo para aquela ação ser feita e uma responsabilidade de ser realizada.

“Colocar detalhes, tempos e informações em uma ação dá maiores probabilidades de ter sucesso do que simplesmente dizer que vai fazer aquela determinada ação”, explica Neil Levy, professor da Universidade de Oxford, na Inglaterra.

Saúde mental: mindfulness pode ser tão eficaz quanto antidepressivos no controle da ansiedade, diz estudo

Essas ações concretas e factíveis garantirão que você não apenas tenha uma intenção, mas também estabeleça as etapas para implementá-la.

Pessoas com objetivos semelhantes

Ir ao shopping com um amigo é melhor do que ir sozinho. O mesmo ocorre para ir fazer atividades físicas, ou qualquer outra resolução de ano novo. Encontrar grupos, seja de conhecidos ou até mesmo grupos pelas redes sociais e internet, que tenham objetivos semelhantes aos seus é sinônimo de motivação. Pois no momento que pensar em desistir, esse amigo pode ser a pessoa que não vai deixar você largar a mão do seu projeto.

Ou você será o ombro amigo que não vai deixar o outro desistir, o que dá mais prazer de realizar aquela missão.

“É mais provável cumprir resoluções se pudermos ver que elas são de alguma forma importantes para outras pessoas, ou que o bem-estar de outras pessoas estão em jogo”, afirma John Michael, filósofo da Universidade de Warwick, na Inglaterra.

Não desistir na primeira queda

É normal encontrar dificuldades ao longo do caminho. Nem tudo dará certo, em alguns casos, será necessário dar passos para trás e analisar o que deu errado e quais mudanças tomar mediante ao empasse. Especialistas alertam que, neste momento, muitas pessoas desistem das resoluções por não encontrar caminhos alternativos.

Câncer de pulmão: Por que algumas pessoas que fumam muito não desenvolvem a doença; entenda

Segundo eles, fazer uma pausa e reavaliar a situação é a melhor alternativa. Independente do tempo que essa pausa levar. É necessário fazer indagações como: quais são os obstáculos? O que é preciso fazer para voltar a ter foco e motivação? Quais foram os erros? E estabelecer estratégias, mudanças de caminho para voltar a ter foco e motivação para continuar no processo.

Como em uma dieta, trocar o arroz branco por arroz integral, em alguns casos pode ser melhor. Ou comer mais vegetais e frutas do que carboidratos. Pequenas mudanças que podem fazer total diferença no resultado.

Resoluções a longo prazo

`Por último, mas não menos importante. apesar de ter metas pequenas e celebrar os primeiros passos, é essencial que elas façam parte de um plano maior. Uma meta-mãe de onde você quer chegar. Se a resolução é correr uma maratona no final do ano, as metas menores serão as corridas curtas. Bem como a perda de peso, tenha em sua mente o quanto você quer perder no final do ano e trace caminhos e objetivos para ir conquistando aos poucos.