Restaurante de refugiados oferece comida grátis a servidores dos EUA

Reprodução/Facebook

Um restaurante montado por refugiados está dando um exemplo de civilidade nos Estados Unidos. Diante da paralisação, o local está distribuindo refeições de graça para servidores públicos que estão sem receber salário.

O Yassin Falafel, em Knoxville, no Tennesse, tem bancado a alimentação dos funcionários que estão sem salário desde dezembro de 2018. A ação conscientizou a vizinhança, que tem ajudado o restaurante com doações para cobrir os custos.

“Os funcionários do governo são nossos irmãos e irmãs e não ficarão sozinhos durante o mais longo fechamento e não podemos ser o melhor lugar da América se os deixarmos sozinhos”, escreveu o restaurante no Facebook.

Vale lembrar que o restaurante por pouco não ganhou uma competição em 2018, onde concorria ao prêmio de Melhor Lugar dos Estados Unidos.

Depois de mais de um mês da greve causada pelo impasse entre a Casa Branca e os democratas a respeito da construção de um muro na fronteira com o México, os Estados Unidos já estão sentindo efeitos em sua economia.

Analistas afirmam que o país tem deixado de ganhar US$ 1,2 bilhão por semana por conta do esvaziamento de cidades como Washington, que dependem da população de servidores para se manter.

O impasse entre as duas partes ocorre por contada liberação da verba de US$ 5,7 bilhões para a construção do muro, uma das principais propostas da campanha de Donald Trump durante as eleições.