Resultado do PIB contribui para dólar operar abaixo de R$ 4,20 nesta quarta

Gabriel Martins

RIO — O resultado da economia brasileira no terceiro trimestre do ano, cujo Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 0,6%, influencia positivamente o mercado nesta quarta-feira. O dólar comercial registra recuo de 0,28%, valendo R$ 4,194. Na Bolsa de São Paulo, o Ibovespa avança 0,64%, aos 109.650 pontos.

O bom desempenho do consumo das famílias (com crescimento de 0,8%) e dos investimentos (que subiram 2%) no terceiro trimestre de 2019, na comparação com os três meses imediatamente anteriores, foram bem vistos pelo mercado, destacam os analistas.

— Foi preponderante para o mercado o avanço de 0,6% do PIB. Mais importante ainda foram dois indicadores, o de consumo da família e de investimentos, que tiveram bom desempenho. O que os resultados sinalizam é que, provavelmente, estamos em um movimento mais estrutural de retomada do crescimento — avalia Maurício Pedrosa, estrategista da gestora Áfira.

Pablo Spyer, diretor da corretora Mirae Asset, corrobora a leitura de que o resultado da economia no terceiro trimestre de 2019 influenciam de forma benigna a avaliação do Brasil frente aos investidores:

— Os resultados de ontem consolidam a convicção de investidores brasileiros e estrangeiros de que a economia do país está crescendo e se expandindo em níveis acima das estimativas do mercado inteiro.