Resultado do PIB mostra que ajuste fiscal está dando certo, diz secretário

Marcello Corrêa
Secretário de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues

BRASÍLIA - O secretário especial de Fazenda, Waldery Rodrigues, disse que os dados sobre crescimento econômico divulgados pelo IBGE nesta terça-feira mostram que a aposta do governo no ajuste das contas públicas está surtindo efeito.

Análise: Consumo das famílias lidera a alta do PIB, sustentado por emprego informal- São números extremamente importantes, mostram que zelar pela política fiscal, controlar despesas, buscar um equilíbrio nas contas públicas tem um alto retorno para a sociedade: a economia crescendo, tendo uma nova dinâmica, responde-se positivamente naquilo que mais interessa: emprego e renda - disse Rodrigues, em conversa com jornalistas.De acordo com o IBGE, o Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 0,6% no terceiro trimestre, em relação ao segundo trimestre, mais que o esperado por analistas do mercado financeiro. O comportamento dos investimentos foi um dos destaques, com alta de 2%, também na comparação trimestral.

PIB: Crescimento de 0,6% coloca Brasil na 10ª posição entre 36 países- É um PIB colocado sobre assertivas, sobre trabalho transparente, conservador e com zelo fiscal - completou o secretário.Rodrigues aproveitou para defender a aprovação das três propostas de emenda à Constituição (PECs) encaminhadas pelo governo ao Congresso, que tratam de novas diretrizes para as contas públicas:- A intenção é exatamente ter o governo federal, os governos estaduais e municipais caminhando em direção à sustentabilidade fiscal. A federação brasileira sairá fortalecida ao longo desse governo.