Reta final na COP27

Reta final na COP27

A difícil maratona negocial na COP27, no Egito, prolonga-se este sábado, face à falta de consenso acerca de vários pontos centrais da cimeira do clima, nomeadamente no que diz respeito ao financiamento dos danos climáticos sofridos pelos países em desenvolvimento.

James Shaw, Ministro das Alterações Climáticas da Nova Zelândia: "Penso que nos estamos a aproximar, mas é óbvio que há um antecedente de desconfiança. Por isso, há a sensação de que há a possibilidade de obter um resultado, mas também pode cair por terra no último minuto. Penso que isso seria lamentável, porque nunca estivemos tão perto."

Mais pessimista, a ministra francesa da Transição Energética, Agnès Pannier-Runacher, dizia ontem que "um acordo não está forçosamente ao alcance".

Negociadores de cerca de 200 países prolongaram as reuniões e discussões bilaterais pela noite dentro para tentar avançar nos pontos mais complicados, na esperança de um acordo que permita uma declaração final com decisões concretas no fecho da cimeira este sábado.