Retorno dos refugiados sírios é "prioridade" de Bashar al-Assad

·1 minuto de leitura
Presidente sírio, Bashar al-Assad, em Damasco
Presidente sírio, Bashar al-Assad, em Damasco

O retorno dos refugiados sírios é a "prioridade", disse o presidente Bashar al-Assad nesta segunda-feira durante uma chamada de vídeo com seu homólogo russo Vladimir Putin, dois dias antes da conferência de refugiados organizada por Damasco com o apoio de Moscou. 

O conflito na Síria desde 2011 obrigou mais da metade da população a fugir de suas casas, e cerca de 5,5 milhões de sírios vivem no exterior, especialmente em países vizinhos, segundo dados do Alto Comissariado do ONU para Refugiados (ACNUR).

O retorno desses refugiados será "a prioridade número um no curto prazo, especialmente porque boa parte do território foi libertada e os combates foram reduzidos", disse Assad em vídeo divulgado na página do Facebook da presidência síria. 

Damasco organiza nos dias 11 e 12 de novembro uma conferência sobre o retorno de refugiados que conta com o apoio de Moscou, aliado inabalável do regime de Assad. 

A ONU estará presente na conferência como observadora e o Líbano, que afirma receber 1,5 milhão de refugiados sírios, será representado por seu ministro de Assuntos Sociais.

mam/rh/bek/hj/grp/mb