Reunião convocada por Bolsonaro irá discutir futuro de secretário de Comunicação no governo

Jussara Soares

BRASÍLIA — O presidente Jair Bolsonaro convocou uma reunião para esta quarta-feira para discutir o afastamento do secretário especial da Comunicação Social (Secom), Fábio Wajngarten, de sua empresa, a FW Comunicação e Marketing. Interlocutores do governo avaliam que situação do secretário é considerada difícil. O ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário, já teria alertado ao presidente que, se Wajngarten não fez declarações oficiais corretamente sobre vínculo com empresa, o único caminho é que ele peça para deixar o governo.

Por ora, oficialmente, a saída de Wajngarten do governo não é cogitada. A reunião ocorre após o jornal "Folha de S.Paulo" revelar que a empresa da qual o secretário é sócio tem contratos em vigor com emissoras de televisão e agências de publicidade que recebem verbas do governo federal.