Reunião da transição com Petrobras teve apresentação sobre preços, dizem fontes

Logo da Petrobras na fachada da sede da empresa, no Rio de Janeiro

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Petrobras fez nesta segunda-feira uma apresentação sobre política de preços de combustíveis para equipe da transição de governo, em uma primeira reunião presencial da cúpula da estatal com o time do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva, disseram fontes com conhecimento do assunto.

A cúpula da Petrobras afirmou à equipe de transição que o país tem estoques suficientes de combustíveis neste final de ano, o que antes era uma preocupação da equipe, segundo as pessoas, que falaram na condição de anonimato.

"Foi uma reunião mais técnica com alguns diretores, falou-se sobre política de preços, um pouco do refino, e há estoques suficientes para fim de ano. Isso deu tranquilidade para nós", disse uma das fontes, acrescentando que os executivos não entraram em detalhes sobre a fórmula da política.

Uma segunda fonte afirmou que foi a reunião foi "boa, rápida e objetiva".

A primeira fonte disse também que equipe de transição não vê necessidade de qualquer medida emergencial na Petrobras.

O CEO da Petrobras, Caio Paes de Andrade, não participou de reunião presencial.

Uma segunda reunião está prevista para terça-feira.

(Por Rodrigo Viga Gaier)