Reunião ministerial tem participação de Janja e celulares do lado de fora

Os ministros não puderam entrar com celular na primeira reunião do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva que está sendo realizada na manhã desta sexta-feira no Palácio do Planalto. A primeira-dama Rosângela da Silva, a Janja, está na sala, mas não sentada à mesa.

Os aparelhos foram deixados em um armário do lado de fora da sala suprema no segundo andar do palácio. Além de evitar vazamentos, a determinação tem objetivo de não dispersar a atenção dos participantes

Lula não gosta que seus interlocutores olhem para o celular durante reuniões. O procedimento de pedir que aparelhos sejam deixados do lado de fora costuma ser adotado pelo presidente rotineiramente.

Antes de os ministros começarem a falar, Lula fez um discurso em que afirmou que “quem fizer errado” sairá, mas prometeu não deixar ninguém na estrada. Todos os 37 titulares das pastas e os três líderes do governo (na Câmara, no Senado e no Congresso) vão falar.

Os ministros apresentam um plano de ação para os primeiros dias e falam sobre as estruturas de suas pastas. Braço-direito do ministro da Casa Civil, Rui Costa, Miriam Belchior também acompanha a reunião de dentro da sala suprema, mas, assim como Janja, não está sentada à mesa.