Réveillon 2022: Capitais brasileiras cancelam festas de ano novo

·3 min de leitura
People watch New Year's fireworks on a rock at Barra beach in Salvador, Brazil, on January 1, 2015. AFP PHOTO / YASUYOSHI CHIBA        (Photo credit should read YASUYOSHI CHIBA/AFP via Getty Images)
Queima de fogos no ano novo em Salvador, em janeiro de 2015 (Foto: YASUYOSHI CHIBA/AFP via Getty Images)

Diversas capitais brasileiras anunciaram que não terão comemorações de na virada do ano. Até o momento, são nove cidades:

  • Campo Grande

  • Florianópolis

  • João Pessoa

  • Fortaleza

  • Palmas

  • Recife

  • Salvador

  • São Luís

  • Brasília

  • São Paulo 

  • Vitória

Enquanto algumas cidades cancelaram as comemorações parcialmente, outras não terão nem mesmo queima de fogos. O principal motivo é a nova onda de casos de covid-19 na Europa, o que gera um alerta importante, além da nova variante Ômicron.

Veja como fica a situação até agora nas capitais que já anunciaram que não terão festas de réveillon:

Brasília

No dia 30 de novembro, o governador de Brasília, Ibaneis Rocha, anunciou que não haverá festa de réveillon na capital federal. “Queremos evitar a possível circulação da nova variante”, explicou o governador.

As medidas de flexibilização, previstas para o fim de ano, também foram revogadas.

Campo Grande

O prefeito Marquinhos Trad anunciou em 29 de novembro que a festa de ano novo na cidade estava cancelada. “Assim como o carnaval, cancelamos também o réveillon em Campo Grande. Vamos seguir o pedido das autoridades de saúde”, afirmou. No Natal, haverá uma programação especial.

Fortaleza

O estado do Ceará proibiu que fossem realizadas grandes festas e eventos no réveillon, então, a capital Fortaleza anunciou que não haverá uma festa pública na cidade.

João Pessoa

O prefeito Cicero Lucena anunciou em 29 de novembro que as festas de réveillon que estavam sendo planejadas em João Pessoa foram canceladas. O que está permitido é circular pela cidade e fazer reuniões particulares – desde que sejam seguidos os protocolos da covid-19.

Recife

Em Recife, os shows foram cancelados. Por outro lado, a queima de fogos está mantida e acontecerá de forma descentralizada, sendo a maior delas na orla da praia de Boa Viagem.

Salvador

Na capital baiana, o Festival da Virada foi cancelado. O anúncio foi feito no dia 29 de novembro pelo prefeito Bruno Reis. “Os números de óbitos e internações só fazem cair na nossa cidade. Só que, em um cenário de incertezas e dúvidas, não há como realizar Festival Virada, que é um evento para mais de 250 mil pessoas”, disse.

São Luís

Em São Luís, a Ômicron também ligou o alerta dos governantes. Por isso, a opção do prefeito Eduardo Braide foi de cancelar as festas de ano novo na capital do Maranhão.

Florianópolis

Na capital catarinense, haverá queima de fogos na virada do ano, mas sem shows ou festas, com o objetivo de evitar aglomerações em Florianópolis.

Palmas

A prefeitura de Palmas anunciou que considera “precoce” realizar uma festa de ano novo com aglomerações. Por isso, a opção foi pelo cancelamento das comemorações do réveillon.

São Paulo 

Na cidade de São Paulo, a realização da festa de réveillon na Avenida Paulista estava sujeita à situação epidemiológica da capital paulista. Com três casos da Ômicron no estado, a decisão da prefeitura foi cancelar as comemorações da virada de ano.

Vitória

Com a confirmação de casos da Ômicron no Brasil, a prefeitura de Vitória optou por cancelar qualquer celebração de ano novo na capital do Espírito Santos. Não haverá queima de fogos, shows e apresentações artísticas. O cancelamento das celebrações foi aconselhado pelo Conselho Regional de Medicina do Espírito Santo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos