Reviravolta com posse de terras em "Pantanal" deixará Muda pensando em vingança

O processo de divórcio que Maria Bruaca (Isabel Teixeira) moveu contra Tenório (Murilo Benício) em "Pantanal" acabará afetando outros personagens na divisão de terras.

Bruaca só pensa em fugir do local com "Alcides (Juliano Cazarré) para viver em paz, e para isso abriu mão da fazenda na qual morava e pediu as terras de Tenório no Sarandi, interior do Paraná. As terras, entretanto, pertenciam à família de Muda, cujo pai foi assassinado após Tenório atuar como grileiro e vender um pedaço de terra de forma irregular.

Ao saber que as terras do Sarandi agora são propriedade de Bruaca, Muda se revoltará e se questionará como fica sua vingança contra Tenório. A jovem quer que Alcides mate o ex-patrão de uma vez por todas.

Relembre a disputa de terras

Na primeira fase de "Pantanal", Gil (Enrique Diaz) e Maria Marruá (Juliana Paes) começaram a trama procurando um lugar para morar. Após perderem dois filhos assassinados em disputas de terra, o casal juntou dinheiro e conseguiu comprar um pedaço pequeno de terra no Sarandi, interior do Paraná. Quando chegaram para morar e cultivar uma lavoura própria, o casal e seu filho remanescente, Chico, descobriram que as terras foram adquiridas de forma ilegal e na verdade já tinham um dono oficial.

O responsável pelo negócio foi Tenório (Murilo Benício), que na época atuava "grilando" terras e promovendo a violência entre fazendeiros e trabalhadores que procuravam um lugar digno para morar. Após descobrirem que o pedaço de terra não lhes pertencia, a família de Gil e Maria resolveu resistir, e Chico foi assassinado em um tiroteio comandado pelo dono oficial das terras.

Destruído pela morte do único filho que ainda tinha, Gil pegou a pistola, foi até a casa grande e matou o fazendeiro dono das terras. O assassinato aconteceu na frente da esposa e da filha ainda criança do fazendeiro, que hoje está na nova fase de "Pantanal" como Muda. A jovem, já adulta, se mudou para o Pantanal em busca de vingança contra a família de Gil e Maria, mas mudou de rumo ao perceber que o verdadeiro culpado sempre foi Tenório.