Silva, é você? Reynaldo Gianecchini é comparado a cantor após mudar o visual; confira

Reynaldo Gianecchini está com novo visual e postou cliques em seu perfil na rede social (Foto: Divulgação TV Globo)
Reynaldo Gianecchini está com novo visual e postou cliques em seu perfil na rede social (Foto: Divulgação TV Globo)

Resumo da Notícia:

  • Reynaldo Gianecchini abandonou o cabelo grisalho

  • De óculos e barba aparada, o ator recebeu elogios

  • Os fãs do artista acharam que ele ficou parecido com o cantor Silva

Reynaldo Gianecchini mudou o visual e foi comparado com o cantor Silva. De óculos e com uma barba, o ator de 49 anos mostrou que abandonou o cabelo grisalho e esbanjou jovialidade. "Eu gosto mesmo é de mudar!", disse ele. Logo os seguidores fizeram comparações com o músico. "Tá igual ao Silva", afirmou um. "Achei que fosse o Silva", comentou outro. "Está parecendo parente do Silva", afirmou uma terceira. "Silva?", questionou um.

Outros internautas falaram que quase não reconheceram Gianecchini. "Muito diferente, parece outra pessoa", observou uma. "Nossa, até eu me perguntei: 'é o Giane'", acrescentou outra. "Eu quase não reconheci", falou um terceiro. "Irreconhecível", concordou mais uma. "Oi? Quem é você? Tá diferente mas continua lindo", completou uma.

Alguns famosos também opinaram sobre a mudança de visual. "Uau!!! Outra pessoa! Mas lindo igual!!", pontuou Marcos Mion. "Sempre gato", elogiou Sabrina Sato. "Nossa, maravilhoso", disparou Regiane Alves. "Gato", exaltou Juliana Didone. "Tá lindão, amigo! Camaleão!", notou Felipe Roque. "Eu também", assumiu Carol Dieckmann sobre ser adepta de mudanças no cabelo.

Em entrevista recente, Reynaldo Gianecchini falou sobre sexualidade e criticou os padrões impostos pela sociedade. "Eu não me importo de falar sobre sexualidade, mas, na verdade, não há mais o que falar. Já falei milhões de vezes... Mas se precisar falar mais vezes, eu bato na mesma tecla, que é isso: um exercício de todo mundo olhar para si. Parar de olhar para o dos outros", declarou ao "Flow Podcast".

"Eu não acredito muito nessas gavetas que foram convencionadas. Acredito que cada um tem a sua sexualidade, que pode ser diferente... A minha, eu precisei fazer esse exercício. A vida foi me levando, e acho que eu fui corajoso de sair de uma gaveta... Eu acho interessante quebrar esse castelinho. Porque o seu ser está querendo se expressar fora do que todo mundo espera de você, fora dessas convenções sociais", concluiu.