Richarlison festeja gols na estreia do Brasil na Copa e lembra lesão: 'Quatro semanas atrás estava chorando, na dúvida se viria'

Autor dos dois gols do Brasil sobre a Sérvia, na estreia da seleção na Copa do Mundo do Catar, nesta quinta-feira, Richarlison comemorou sua bela atuação, com direito a uma pintura que fechou o placar. E lembrou a lesão sofrida em partida pelo Tottenham, seu clube, que quase o tirou do Mundial.

"É um sonho de criança realizado. Fizemos uma boa partida, principalmente no segundo tempo, e conseguimos tirar vantagem disso. Estou muito feliz, confiante agora", afirmou o camisa 9 na saída de campo: "Quatro semanas atrás eu estava chorando, meio na dúvida se viria".

O atacante sofreu uma lesão na panturrilha no dia 15 de outubro, durante um jogo contra o Everton, seu ex-clube, pela Premier League. Ele deixou o estádio de muletas e chorou ao falar sobre a possibilidade de perder o Mundial. Nesta quinta-feira, Richarlison contou como foi o dia em que foi fazer o exame para saber a extensão do problema e se poderia se recuperar a tempo da Copa:

"Foi um dos dias mais demorados da minha vida. Foi folga, fui fazer exame, fiquei na maca esperando o resultado. Os doutores ficavam pra lá e pra cá e o tempo não passava. Acho que valeu todo o esforço da recuperação. Eu tratava dois períodos por dia. Deus viu meu esforço. Agora é continuar. Fizemos o principal que era ganhar o primeiro jogo, muito importante pra largada. Agora é pensar no segundo jogo. Descansar bem porque agora tem mais seis jogos importantes".