Ricky Martin relembra trauma após pergunta sobre sexualidade

·1 minuto de leitura

Resumo da notícia:

  • Ricky Martin foi questionado sobre a sua sexualidade em uma entrevista feita em 2000.

  • A jornalista o pressionou para que se assumisse homossexual.

  • O cantor contou que se sentiu intimidado na ocasião.

Ricky Martin abriu o coração para falar sobre uma situação desconfortável que viveu antes de assumir sua sexualidade. Em entrevista para a revista People, o cantor contou sobre uma entrevista que deu em 2000.

Leia também:

Na época, rumores persistentes de que Ricky era gay circulavam na mídia internacional. Os boatos cresceram exponencialmente até que, durante uma entrevista com Barbara Walters, o cantor foi colocado contra a parede.

“Você poderia acabar com esses rumores”, implorou Walters. “Você poderia dizer: ‘Sim, sou gay ou não'”, insistiu ela. Martin, por sua vez, ficou visivelmente atordoado e incomodado com a pressão, até que afirmou que preferia não comentar o tema.

No entanto, 20 anos após o ocorrido, o artista latino contou à People que a situação ainda o assombra diariamente. “Quando ela fez a pergunta, me senti violado porque simplesmente não estava pronto para me assumir. Fiquei com muito medo”, lamentou. Martin acrescentou, também, que a insistência de Walters o rendeu um trauma muito mais profundo do que as pessoas imaginam. “Há um pouco de PTSD (estresse pós-traumático) com isso”, afirmou.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News