Rio antecipa para 21 dias a segunda dose da Pfizer de adultos com 20 anos ou mais; veja o calendário

·1 min de leitura

A Prefeitura do Rio antecipou a aplicação da segunda dose da Pfizer para adultos a partir de 20 anos. Antes, o intervalo era de 12 semanas. No último dia 22 de outubro, a Secretaria municipal de Saúde recebeu 350.004 doses do imunizante da Pfizer. Nesta sexta-feira e neste sábado, haverá aplicação da primeira dose da vacina contra a Covid-19 para pessoas com 12 anos ou mais, além da segunda dose para quem estiver com a data agendada. Já a dose de reforço estará disponível para idosos com 63 anos ou mais; além de pessoas com alto grau de imunossupressão com 12 anos ou mais; e profissionais da saúde que tomaram a segunda dose em maio.

Até esta quinta-feira, 5.764.902 pessoas haviam tomado a primeira dose. Com o esquema vacinal completo (duas doses ou dose única), já são 4.606.878 pessoas, o que representa uma cobertura de 68,3% da população total e de 87,2% da população adulta (a partir de 18 anos). A dose de reforço em idosos e pessoas com alto grau de imunossupressão soma 799.846 aplicações até agora.

Os pontos de vacinação na cidade funcionam de segunda-feira a sábado. A lista das unidades, horário de funcionamento, calendário de vacinação, entre outras informações estão disponíveis em coronavirus.rio/vacina.

Sábado (dia 7): repescagem da dose de reforço para pessoas com 63 anos ou mais.

Segunda-feira (dia 8): dose de reforço para mulheres com 62 anos ou mais.

Primeira dose: Até o final de novembro, todos os postos de vacinação estarão aplicando a primeira dose da vacina contra covid-19 em maiores de 12 anos que ainda não tenham se vacinado.

Segunda dose: para quem estiver com data agendada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos