Rio aplicou 1.206 doses de lote da CoronaVac recolhido pela Anvisa; outras 166 mil aguardavam liberação

·1 minuto de leitura

A cidade do Rio aplicou 1.206 doses de um dos lotes da CoronaVac que receberam ordem de recolhimento pela Anvisa na manhã desta quarta-feira. As aplicações aconteceram no dia 4 de setembro, antes de a Anvisa enviar aos municípios uma recomendação de interdição cautelar para o lote 202108113H, envasado em uma fábrica chinesa que não passou pela inspeção da agência. Além disso, outras 166 mil doses pertencentes a esse lote foram reservadas pela Secretaria municipal de Saúde (SMS) após a ordem de interdição naquele dia. A pasta aguardava a liberação da agência para o uso desses frascos, mas, ao invés disso, o órgão federal determinou hoje o recolhimento deles.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos