Rio bate recorde da média móvel de mortes por Covid-19 de toda a pandemia pelo segundo dia seguido

Felipe Grinberg
·2 minuto de leitura

RIO — Pelo segundo dia consecutivo o Rio bateu o triste recorde da média móvel de mortes por Covid-19. Neste domingo foram confirmados novos 148 óbitos, o que levou o indicador ao patamar de 270 mortes diárias nos últimos sete dias. Com os números deste domingo, a média móvel apresenta aumento de 22% em relação há duas semanas, indicando um cenário de aumento do contágio.

A "média móvel de 7 dias" faz uma média entre o número de mortes do dia e dos seis anteriores. Ela é comparada com média de duas semanas atrás para indicar se há tendência de alta, estabilidade ou queda. O cálculo é um recurso estatístico para conseguir enxergar a tendência dos dados abafando o "ruído" causado pelos finais de semana, quando a notificação de mortes se reduz por escassez de funcionários em plantão.

No Rio, dos vintes maiores recordes da média móvel de mortes por Covid-19, 18 são de 2021. Entre os 18 maiores de 2021, todos são deste mês de abril.

Os cinco maiores recordes da média móvel de mortes por Covid-19:

18 de abril de 2021: 27017 de abril de 2021: 26609 de abril de 2021: 26014 de abril de 2021: 25815 de abril de 2021: 253

Neste domingo também foram quase 4 mil novos casos da doença, o que deixou a média móvel de casos em 3.385 novas confirmações.

A análise dos dados foi feita a partir do levantamento do consórcio de veículos de imprensa formado por O GLOBO, Extra, G1, Folha de S.Paulo, UOL e O Estado de S. Paulo, que reúne informações das secretarias estaduais de Saúde.

Os cinco maiores recordes de mortes por Covid-19:

17 de abril de 2021: 44603 de abril de 2021: 41101 de abril de 2021: 38709 de abril de 2021: 38108 de abril de 2021: 375