Rio Grande do Sul confirma terceiro caso de varíola dos macacos no Brasil

O terceiro caso no Brasil de varíola dos macacos no Brasil foi confirmado no Rio Grande do Sul. O diagnóstico foi feito em um homem que mora em Portugal e veio a Porto Alegre visitar familiares. A informação foi confirmada pelo Ministério da Saúde.

Varíola dos macacos: com casos confirmados no Brasil, quais são os riscos e como me proteger?

Já teve Covid? Saiba quanto dura a imunidade, o que muda na reinfecção e como estar preparado

Entenda a doença: Após críticas por aparência, padre Fábio de Melo revela ter Síndrome de Ménière

A confirmação, feita após exames de laboratório processados em São Paulo, ocorreu após os 21 dias do ciclo da doença. O paciente, portanto, não apresenta mais risco de transmitir o vírus para outras pessoas.

O homem, de 51 anos, chegou no Brasil na última sexta-feira, dia 10. Ele está em isolamento domiciliar, junto com os seus contatos. Segundo o ministério, apresenta quadro clínico estável, sem complicações e está sendo monitorado pelas Secretarias de Saúde do Estado e do Município.

Ao GLOBO, a secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul, Arita Bergmann, informou que parentes e pessoas que tiveram contato com o homem foram monitorados, mas nenhum deles apresentou sintomas característicos. Com o laudo negativo, o homem já se prepara para retornar à Europa.

Os dois outros casos de varíola dos macacos foram confirmados no estado de São Paulo. Um na capital paulista e outro em Vinhedo, no interior do estado. Estão em investigação outros seis casos suspeitos. Todos seguem em isolados e em monitoramento.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos