Rio implanta sistema para otimizar cirurgias realizadas na rede SUS da capital

A prefeitura do Rio está implantando uma ferramenta de gestão das salas de cirurgia de hospitais públicos de toda a cidade - incluindo as unidades estaduais, federais e conveniadas. O Sistema Mapa do Centro Cirúrgico foi desenvolvido para otimizar a capacidade de procedimentos cirúrgicos na capital. Com o acompanhamento em tempo real, será possível realizar ajustes para abertura de vagas caso seja necessário.

A plataforma online é de uso obrigatório para toda a rede SUS do município do Rio. Nela, cada unidade deverá informar as cirurgias agendadas de pacientes eletivos, internados e da emergência. Com a implementação do sistema, os gestores terão um melhor controle da capacidade instalada da rede SUS na cidade e da produção, sabendo exatamente se o número de cirurgias realizadas diariamente em cada hospital é compatível com a capacidade de seus centros cirúrgicos e recursos.

O sistema também poderá ser usado para auxiliar a prestação de contas das unidades com o SUS auxiliando na prestação de contas das unidades com o SUS. Ao final de cada mês será feito um cruzamento entre os dados informados na plataforma e os informados ao Ministério da Saúde. Em caso de divergência no número de operações ou de salas disponíveis, será feita uma auditoria.

De acordo com a prestação de contas da secretaria municipal de Saúde do Rio, nos primeiros quatro meses de 2022 foram realizadas quase 80 mil cirurgias na rede SUS da cidade. O número de procedimentos cirúrgicos foi 53% maior que em 2021, ano houve suspensão de procedimentos eletivos devido à pandemia da Covid-19.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos