Rio de Janeiro deve ter segundo dia de pancadas de chuva

Logo Agência Brasil
Logo Agência Brasil

O Centro de Operações Rio (COR) da prefeitura do Rio chamou atenção para a possibilidade de novas pancadas de chuva hoje (4) na capital. O Sistema Alerta Rio registrou que a previsão para o período da tarde é de aumento da chuva, passando a ter características de pancadas, com intensidade moderada a forte. O temporal será acompanhado de raios e rajadas de ventos por causa da aproximação de uma frente fria. A temperatura máxima prevista para esta quarta-feira é de 38ºC.

“Pancadas mais intensas podem ocorrer já no início da tarde, reforçadas pelo calor e elevada disponibilidade de umidade” indicou o meteorologista do Alerta Rio, Bruno Dumas.

Notícias relacionadas:

Diante do cenário, a prefeitura recomenda que, em caso de pancadas de chuva, a população permaneça em local seguro e evite áreas com alagamentos. A recomendação é que as pessoas não caminhem em áreas alagadas, porque há perigo de correnteza e de ferimentos com objetos, quedas em buracos sob a água, além de risco de doenças. A beira de córregos e de rios devem ser evitadas e a passagem de carros em vias alagadas deve ser evitada.

Em decorrência dos riscos de raios, o melhor é afastar-se de árvores, terrenos abertos e coberturas metálicas, além de precipícios, encostas e lugares altos sem proteção. Outra recomendação é evitar passar sob cabos elétricos, outdoors, andaimes, escadas e permanecer em piscinas, rios e lagos, como também a prática de esportes ao ar livre, especialmente, no mar.

Chuva forte

A chuva forte que caiu ontem (3), na zona norte e região central do Rio, deixou ruas alagadas e houve muita queda de árvores. A capital, que já estava em estágio de mobilização desde às 16h50, passou para estágio de atenção às 17h30, devido às condições do tempo.

O estágio de atenção é o terceiro nível em uma escala de cinco e significa que uma ou mais ocorrências já impactam o município, afetando a rotina de parte da população.

No final da noite de ontem, às 23h, o município do Rio de Janeiro retornou ao estágio de normalidade às 23h, porque não havia previsão de chuva moderada nas três horas seguintes.