Rio Open 2022: Prodígio espanhol e italiano nº 7 do mundo são os primeiros confirmados

·3 min de leitura

Depois do cancelamento da edição deste ano por causa da pandemia, o Rio Open já tem os primeiros atletas que vão disputar o torneio, entre 12 e 20 de fevereiro do ano que vem, no Jockey Club Brasileiro. O primeiro deles é o italiano Matteo Berrettini (nº 7 do mundo), finalista em Wimbledon. O outro confirmado é o prodígio espanhol Carlos Alcaraz (nº 35), de 18 anos, que chegou às quartas do US Open. O anúncio oficial será hoje e a lista final dos atletas deve ser divulgada até o início de dezembro.

Derrotado por Novak Djokovic na grama inglesa, Berrettini é neto de uma brasileira e jogará pela primeira vez no país, depois de desistir em 2020 por causa de uma lesão.

— Estou muito ansioso para finalmente jogar no Rio. Infelizmente me lesionei em 2020 e tive que desistir de última hora, mas mal posso esperar para disputar um dos maiores torneios de saibro do mundo em 2022. O Rio tem um lugar especial no meu coração, já que é a cidade da minha avó, então vai ser ainda mais especial jogar com a minha família e fãs brasileiros assistindo — disse o italiano.

Alcaraz já conhece o saibro carioca. Ele participou da edição de 2020, quando era apenas o 406º no ranking da ATP. Para ele, o torneio sempre será especial, pois foi onde teve sua primeira vitória em um ATP.

— Desde então, muita coisa aconteceu na minha carreira, mas eu nunca vou me esquecer da sensação que senti naquela noite, no Rio Open, ao conquistar a minha primeira vitória em ATP. Estou ansioso para retornar, sentir a atmosfera do Rio mais uma vez e avançar ainda mais no torneio — contou o espanhol mais jovem a entrar no top-40 desde Rafael Nadal, em 2004.

O diretor do torneio, Luiz Carvalho, disse que entre os nomes que ainda serão anunciados estarão, além de Berrettini que é top-10, revelações e brasileiros:

— Não medimos esforços para trazer top-10, revelações, ter os brasileiros conosco. E começar anunciando o Berrettini e o Alcaraz já mostra esse mix que é característico do Rio Open. Espero que o pessoal goste e venha torcer para o Berrettini, que tem raízes brasileiras, e para o Alcaraz, que começou sua história no circuito aqui com a gente.

De acordo com Márcia Casz, diretora-geral do Rio Open, além da parte esportiva, o torneio terá outros atrativos como ativações de arte e gastronomia. Segundo ela, a organização prepara também uma homenagem às vítimas da Covid-19.

— Vamos trabalhar muito conteúdo e teremos momentos emocionantes — prometeu Márcia.

Venda de ingressos

Os ingressos para o Rio Open começarão a ser vendidos em dezembro, com os mesmos preços da edição de 2020, apesar da alta do dólar. Os valores partem de R$ 30 e variam de acordo com a partida e localização na quadra. Nos dias 12 e 13 de fevereiro acontecerão os qualifying e as entradas serão gratuitas. A chave principal começará no dia 14 e a final está marcada para o dia 20.

A previsão é que a competição movimente aproximadamente R$ 140 milhões durante os dias de jogos e que cerca de 30% do público presente seja de fora do Rio.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos