Rio registra mês de julho mais quente desde 2014

De acordo com dados registrados pelo sistema Alerta Rio e pelo Centro de Operações da prefeitura, a cidade do Rio teve o mês de julho mais quente desde 2014, quando a medida começou a ser aferida. Segundo especialistas, a frente fria que chegou ao estado nos últimos dias não foi suficiente para impactar a temperatura média, que bateu 31,3 graus.

O número está quase três graus acima das médias de todos os meses de julho, que é de 28,6. A temperatura mais alta do mês foi registrada pela Estação Irajá, que chegou a 37,1. Essa mesma temperatura já chegou a ser registrada na Estação Guaratiba em um mês de julho, sete anos atrás.

Meteorologista do Alerta Rio, Raquel Franco explicou que o mês teve menos frentes frias continentais que o esperado. Segundo a especialista, esse fator contribuiu para que temperaturas máximas mais altas que o normal fossem registradas durante o mês de julho.

— Neste julho de 2022, tivemos três frentes frias que influenciaram o tempo na Cidade do Rio. Porém, apenas a última, do dia 29, passou pelo continente, trazendo uma massa de ar frio e derrubando as temperaturas de forma mais significativa e por mais tempo. As duas primeiras (13 e 18) foram mais oceânicas — explica Raquel.

A segunda temperatura mais alta registrada desde o início do aferimento foi na Estação Barra/Riocentro, em 2016. Na época, os termômetros marcaram 36,7 graus. A terceira maior temperatura do período foi registrada em 2020, quando a Estação Santa Cruz marcou 36,6 graus.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos