Rio segue em estágio de mobilização e cidade ainda sofre os efeitos da chuva

A cidade do Rio segue em estágio de mobilização em decorrência da chuva na tarde de segunda-feira, informa o Centro de Operações Rio (COR) na manhã desta terça-feira. O município ainda sofre com os efeitos e equipes de diversos órgãos continuam nas ruas para atender às ocorrências. Ao todo, foram registradas 62, dais quais 13 seguem em andamento, segundo balanço divulgado às 5h. Alguns bairros seguem sem luz ou com fornecimento instável.

De acordo com o Sistema Alerta Rio, a previsão é de pancadas de chuva, com intensidade moderada, a partir do período da tarde desta terça-feira. Os ventos devem variar de fracos a moderados. Na segunda-feira, a base aérea do Campo dos Afonsos registrou a maior rajada de vento, às 15h, de 79,6 km/h.

Ao todo, a cidade registrou 41 ocorrências relacionadas à queda de árvore. Destas, 11 continuam em andamento nos seguintes pontos, segundo balanço divulgado pelo COR às 5h desta terça-feira:

Queda de árvore

Queda de árvore sobre fiação

Ainda estão em andamento queda de estrutura de alvenaria na Estrada dos Bandeirantes na estação BRT Divina Providência, na Taquara; e bolsão d’água na Avenida Engenheiro Souza Filho, na altura de Rio das Pedras.

A cidade segue com pontos sem luz ou com fornecimento irregular, como na Rua Soldado Wilson França, no Anil, em Jacarepaguá. Segundo a Light, concessionária que administra o serviço na cidade, o fornecimento de energia foi restabelecido em boa parte do município após interrupções causadas pelo temporal. "Técnicos da companhia seguem trabalhando para a normalização total do serviço, principalmente em trechos da Zona Oeste. Na região, foram registradas muitas descargas atmosféricas e também a queda de galhos de árvores sobre a rede elétrica", diz trecho da nota. A empresa afirma estar em contato com órgãos públicos "para o atendimento dos casos que envolvem a queda de árvores sobre a rede" e que o serviço pode ser demorado caso a fiação precise ser refeita para o restabelecimento da energia.

Segundo o Sistema Alerta Rio, houve registro de chuva nesta madrugada no Grajaú, em Irajá e em Piedade. A previsão é de novas pancadas, de forma isolada à tarde e à noite. A madrugada não deve ter chuva. A tendência é de queda na temperatura, com máxima de 31 graus e mínima de 21 graus. O céu fica nublado a encoberto. Já os ventos podem variar de fraco a moderado.

Na quarta-feira, a previsão é de chuva fraca a moderada isolada a partir da manhã. A temperatura deve se manter estável, com mínima de 20 graus e máxima de 30 graus. O céu fica nublado a encoberto.

Na quinta-feira, a previsão é de chuva fraca a moderada isolada durante a madrugada e a manhã. O céu fica nublado e parcialmente nublado. Os termômetros devem seguir sem alteração, com mínima de 20 graus e máxima de 30 graus.

Já na sexta-feira, a chuva deve dar uma trégua. A temperatura pode ter uma pequena elevação, com máxima podendo alcançar 33 graus e a mínima de 18 graus.

No sábado também volta a esquentar ainda mais, com máxima de 36 graus e mínima de 21 graus. A chuva pode voltar a cair na cidade, com pancadas isoladas durante a tarde e à noite. O céu fica parcialmente nublado a nublado.