Rio tem 268 mortes por Covid-19 em 24h e 2.769 novos casos neste sábado

·1 minuto de leitura

O Estado do Rio registrou 268 mortes por Covid-19 nas últimas 24h e 2.769 casos da doença neste sábado, o segundo dia das medidas restritivas impostas para os próximos dez dias de recesso. De acordo com os dados da Secretaria Estadual de Saúde, a taxa de ocupação das UTIs da doença está em 89,8%, e, de enfermaria, em 78,2%.

Os dados do mapa de risco da SES, que são atualizados semanalmente, mostram que este é o pior momento da pandemia no estado. As regiões Metropolitana 1 (Capital e Baixada Fluminense), Centro-Sul e Baixada Litorânea (Região dos Lagos) já estão marcados com risco Muito Alto para a doença. Já as regiões Metropolitana 2, Médio Paraíba, Baía da Ilha Grande, Noroeste e Norte apresentam Risco Alto. A única que está com Risco Moderado é a Região Serrana. Há uma semana, a única região que aparecia com risco Muito Alto era a Centro-Sul.

De acordo com o infectologista Ricardo Igreja, também é preciso perceber que as pessoas que se infectaram entre 10 e 15 dias e que evoluíram para a forma grave da doença, poderão ir para as UTIs dentro deste período de interdição. Por isso, os resultados deste feriado só poderão ser realmente sentidos, de fato, após o término dele. Porém, o período de emergência, para ser mais efetivo, deveria ser maior do que 10 dias:

— Em Portugal e Alemanha, por exemplo, o fechamento já dura vários meses, mas lá eles tem contrapartida, pois é preciso que ter condições para que essas pessoas fiquem em casa.