Rio tem 31 casos suspeitos de variante Ômicron, segundo Secretaria Municipal de Saúde

·1 min de leitura

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) do Rio afirma que há 31 casos suspeitos da variante Ômicron do Coronavírus na cidade em investigação epidemiológica. Segundo a SMS, os pacientes estão com sintomas leves e em monitoramento.

O número é diferente do que afirma a Secretaria de Estado de Saúde, que diz que são 28. Até o momento, apenas um caso foi confirmado no Estado, na capital. Na semana passada, a Fiocruz identificou a nova cepa em uma paciente de 27 anos, residente dos Estados Unidos, que buscou atendimento em uma unidade de saúde municipal há duas semanas.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, as amostras laboratoriais desses 31 casos suspeitos vão passar por sequenciamento genético e o resultado deve sair na próxima semana. Já a Secretaria de Estado de Saúde (SES) afirma que são 43 casos suspeitos da nova variante do Estado, sendo 28 na capital, quatro em Angra dos Reis, três em Volta Redonda, dois em Niterói, dois em Macaé, um em Cabo Frio, um em Nilópolis, um em São Gonçalo e um em Saquarema. Essas amostras foram coletadas entre os dias 1 e 20 de dezembro, e o resultado do sequenciamento genético deve sair nas próximas semanas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos