Rio tem risco de temporal até sábado; capital com previsão de calorão e chuva nesta quarta-feira

O fim do dia na terça-feira foi de chuva forte, ruas alagadas e temperaturas ainda elevadas. Nesta quarta, a previsão é de que esse cenário volte a acontecer na capital, que tem risco de temporal a partir do fim da tarde, segundo o Climatempo. Os termômetros vão continuar a marcar alto, com máxima de 34 graus, reflexo do pré-frontal que anuncia a frente fria que ainda está ao sul de São Paulo.

Valor salgado: Preço de guarda-sol tem variação de 300% em Copacabana e chega a custar R$ 80 no Posto 2

Homenagem: Parte da Radial Oeste agora é Avenida Rei Pelé

A previsão é de que a frente fria continue se deslocando para o norte e chegue ao Rio na quinta-feira, quando a temperatura tem queda. Até sábado, a máxima deve chegar a 27 graus e a mínima pode cair até 19 graus. O tempo vai mudar bastante, com as nuvens escondendo o sol forte dos dias anteriores e os ventos ganhando força. De acordo com o Alerta Rio, às 10h desta quarta-feira foram registradas rajadas moderadas nas estações Vila Militar, de 44,3 km/h, e Marambaia, de 45 km/h, na capital.

A previsão é de trovoadas e ventanias nesta quarta e na quinta-feira. Depois a tendência é de mais chuva, com risco de alagamentos e quedas de barreiras no estado.

— Com o pré-frontal, o predomínio no Rio são ventos quentes. A combinação de calor e alta umidade gera uma chuva mais forte, com risco de temporal de hoje até sábado — diz a meteorologista do Climatempo Carine Gama. — Exceto o Norte do Rio, todo o estado está em alerta máximo para a chuvarada. A Região Serrana e a divisa com Minas Gerais vão ter muita chuva. Para hoje e amanhã, bastante para a capital e Costa Verde. No Norte, a chuva aumenta mais no sábado e no domingo.

Pé na areia: Academia ao ar livre e gratuita em Ipanema oferece musculação e aulas variadas

As nuvens carregadas ainda nesta quarta são reflexo da frente fria. Ainda distante, ela forma um corredor de umidade. Quando passar pela costa do estado, na quinta, vai gerar ventania, deixar o mar agitado e derrubar a temperatura. Os dias também vão passar a ser mais fechados.

— Só melhora a partir do dia 10, próxima terça-feira. Chove muito de quinta a sábado. Domingo e segunda-feira fica nublado, mas começa a diminuir volume e o vento frio, e a temperatura sobe um pouco — diz a meteorologista.

Renovação da CNH: motoristas voltam a ter prazo de 30 dias para renovar carteira

Na terça, a cidade do Rio bateu recorde de calor, segundo o Alerta Rio, que registrou máxima de 37,1 graus, em São Cristóvão, e sensação térmica de 46,8, em Santa Cruz, às 12h45. A chuva, que não ajudou a refrescar, caiu no fim da tarde e causou alagamentos e quedas de árvores em vários bairros. Essa combinação é típica da estação, explica Carine Gama:

— O verão é a estação mais úmida do ano. Os meses são propícios a isso. Tem muitos dias de muito calor, mas quando passa a frente fria, como a atmosfera está muito quente e o oceano também, o que gera muito vapor e as nuvens ficam carregadas. O que está acontecendo esse ano, e foi o mesmo no ano passado, é que temos maior frequência de frente fria do que normalmente se tinha, o que traz essa mudança no tempo.

Ainda no papel: Estado planeja retomar obras do metrô da Gávea após prazo de validade de inundação ter vencido

Veja a previsão do Climatempo para os próximos dias na capital

Quarta-feira: sol com muitas nuvens, e pancadas de chuva à tarde e à noite. Mínima de 22 graus e máxima de 34 graus.

Quinta-feira: chuvoso durante o dia e à noite. Mínima de 21 graus e máxima de 27 graus.

Sexta-feira: chuvoso durante o dia e à noite. Mínima de 20 graus e máxima de 25 graus.

Sábado: chuvoso durante o dia e à noite. Mínima de 19 graus e máxima de 25 graus.

Domingo: sol com muitas nuvens durante o dia, períodos nublado com chuva a qualquer hora, Mínima de 19 graus e máxima de 26 graus.