Rio terá 445 desfiles de blocos autorizados no carnaval de rua; veja a lista

A Riotur divulgou, na manhã desta quinta-feira, a lista oficial dos blocos do carnaval de rua 2023 da cidade do Rio. Ao todo, serão 402 blocos em 445 desfiles autorizados pela prefeitura entre 21 de janeiro e 26 de fevereiro. O número é um pouco maior do que os 433 desfiles anunciados previamente pela prefeitura, na semana passada. Haverá blocos saindo em 86 dos 164 bairros da cidade. São esperados entre 5 milhões e 5,5 milhões de foliões.

Verão 2023: sol reaparece por algumas horas e enche as praias do Rio; chuva voltou a cair no fim da tarde

Manguinhos: Funcionário é baleado quando fazia manutenção da rede aérea da SuperVia

Veja a lista dos blocos autorizados:

O Centro é o bairro com mais blocos desfilando: 52, em 53 desfiles — o Cordão do Boitatá é o único que sai duas vezes. Em seguida, vem a Tijuca, com 27 desfiles, Copacabana, com 18, e Pedra de Guaratiba e a Lapa, com 15 cortejos cada. Em 30 bairros, haverá apenas um desfile durante o período.

Dos 445 desfiles, 79 estão marcados para começar de manhã, entre as 7h e as 11h30. O bloco dos madrugadores é o 442, que sai na Saúde no domingo de carnaval: concentra a partir das 6h e desfila das 7h ao meio-dia. Na outra ponta, dois blocos desfilam a partir das 22h, o Me Leva Que Eu Vou, de Santíssimo, e a Turma do Copo, de Paquetá.

O dia com mais blocos desfilando é a terça-feira gorda, com 59 desfiles. Entre a sexta-feira, 17, e a Quarta-Feira de Cinzas, os blocos autorizados irão às ruas 249 vezes. São 35 agremiações com o nome "banda", mas é a palavra "bloco" que domina: 147 foram batizadas assim.

Entre os 402 blocos, 32 desfilam mais de uma vez. Os que mais vão sair são o Abraço do Urso e o Bloco Carnavalesco Xodó de Piedade: cinco vezes cada. A imensa maioria (370), porém, só tem autorização da prefeitura para arrastar os foliões uma vez pelas ruas do Rio.