Rio vai incluir nove cidades na vacinação prioritária contra febre amarela

Akemi Nitahara – Repórter da Agência Brasil

A Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro (SES) informou hoje (17) que vai incluir na vacinação prioritária contra febre amarela os municípios de Teresópolis, São José do Vale do Rio Preto, Guapimirim, Petrópolis, Magé, Areal, Paty do Alferes, Miguel Pereira e Engenheiro Paulo de Frontin depois que foi encontrado um macaco morto com suspeita da doença na região de Juiz de Fora (MG), que faz divisa com a Região Serrana do Rio.

Ontem, a SES se reuniu com representantes de 12 cidades consideradas prioritárias para terem a população imunizada. Nesta semana foram confirmados dois casos de febre amarela em moradores de Casimiro de Abreu, com um óbito. Segundo o secretário de Saúde, Luiz Antonio Teixeira Jr, Casimiro de Abreu imunizou 75% da sua população.

Não é recomendado que pessoas com mais de 60 anos tomem a vacina contra febre amarelaDivulgação/Prefeitura Municipal de Vitória

“A imunização dos municípios do corredor da Região Serrana é mais uma ação preventiva para evitar que o vírus da febre amarela se propague pelo estado. No primeiro dia da campanha em Casimiro de Abreu vacinamos cerca de 75% da população nos postos municipais e no hospital de campanha. O povo está aderindo e estamos contando com a parceria dos municípios e do Ministério da Saúde”.
Também foram incluídos hoje no cinturão de proteção cinco municípios da Região dos Lagos, chegando a 64 as cidades com vacinação estratégica. O Corpo de Bombeiros e a Emater vão auxiliar na chegada aos locais de difícil acesso, como áreas rurais e com proximidades das matas.

Região estratégica

Os municípios da região estratégica que tiveram o início da vacinação antecipada para ontem (16) foram Araruama, Bom Jardim, Cabo Frio, Cachoeiras de Macacu, Casimiro de Abreu, Conceição de Macabu, Cordeiro, Duas Barras, Macaé, Macuco, Nova Friburgo, Rio Bonito, Rio das Ostras, Silva Jardim, Sumidouro, Tanguá e Trajano de Moraes.

As cidades do cinturão de Casimiro de Abreu, com vacinação iniciada hoje foram Saquarema, Arraial do Cabo, Iguaba Grande, São Pedro da Aldeia, Armação dos Búzios, Carapebus, Quissamã e São João da Barra.  Os municípios que serão incluídos na vacinação prioritária amanhã (18) são Teresópolis, São José do Vale do Rio Preto, Guapimirim, Petrópolis, Magé, Areal, Paty do Alferes, Miguel Pereira e Engenheiro Paulo de Frontin.

Os municípios que estavam na área de vacinação de bloqueio nas divisas do Rio com Minas Gerais e Espírito Santo são Campos dos Goytacazes, Cantagalo, Cardoso Moreira, Carmo, Santa Maria Madalena, São Fidélis, São Sebastião do Alto e Sapucaia.
Bloqueio

As cidades que estão na região de bloqueio e tiveram vacinação iniciada em janeiro são Aperibé, Bom Jesus do Itabapoana, Cambuci, Comendador Levy Gasparian, Italva, Itaocara, Itaperuna, Itatiaia, Laje do Muriaé, Miracema, Natividade, Paraíba do Sul, Porciúncula, Quatis, Resende, Rio das Flores, Santo Antônio de Pádua, São Francisco de Itabapoana, São José de Ubá, Três Rios, Valença e Varre-Sai.

A capital, a região metropolitana e os demais municípios do estado terão o início da vacinação no fim de março. Não é recomendado que pessoas com mais de 60 anos tomem a vacina contra febre amarela.

O  Centro de Hematologia e Hemoterapia do Governo do Estado do Rio de Janeiro (Hemorio) alerta que, após tomar a vacina para febre amarela, é necessário esperar quatro semanas para doar sangue. O instituto pede que a população doe sangue antes de se vacinar, para que o abastecimento de sangue no estado do Rio não seja prejudicado.