Rita Cadillac revela aborto caseiro: "Até hoje vivo com essa dor"

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Rita Cadillac lançou sua autobiografia e revela bastidores de sua vida artística
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Rita Cadillac
    French recording artist, dancer, singer, and actress (1936-1995)

Resumo da Notícia:

  • Rita Cadillac lançou a autobiografia Frente & Verso

  • No livro, a ex-chacrete revela ter realizado um aborto nos anos 1980

  • Atualmente, ela também ganha dinheiro no OnlyFans

Objeto de desejo de muitos homens há quase 50 anos, Rita Cadillac decidiu relatar no livro Frente & Verso os bastidores nada glamorosos de sua vida. Passagens delicadas como a prostituição, trabalho na indústria pornográfica e também um aborto caseiro que fez durante o auge de sua atuação como chacrete são relatados na autobiografia recém-lançada.

Em um trecho, ela conta que manteve um relacionamento com um ex-jogador de futebol, que vivia em sua casa nos anos 1980. Até que um certo dia descobriu que estava grávida. Àquela época, ela já tinha um filho, e sua agenda profissional estava muito agitada. Foi quando decidiu fazer um aborto em sua própria casa.

Rita tomou um remédio, mas sem revelar quem a recomendou e tampouco como conseguiu, e acordou encharcada de sangue. Precisou ser levada imediatamente ao hospital e se submeter a uma cirurgia de emergência.

"Não pensei direito. Soube depois que era uma menina. Fiquei muito mal e nunca mais me perdoei. Sonhei anos com essa história e até hoje vivo com essa dor", diz ela no livro.

Em entrevista ao portal iG, Rita comentou que precisou omitir o nome de Rogéria (1943-2017) de seu livro por não ter recebido autorização da família da atriz. A ex-chacrete queria honrar a imagem da amiga, que a ensinou a explorar seu lado sensual e a deixar os homens enlouquecidos em seus shows.

"Ela que me ensinou e no livro eu tive que tirar, estava tudo certinho e quando a gente pediu a autorização a família não deu. Mediante a pagamento ela daria, então a gente decidiu tirar. Eu participei do filme da Rogéria e não recebi nada. Muito triste, conto o episódio, mas não conto quem é a figura. Isso me machuca, parece que eu estou omitindo quem é a pessoa que muito me ajudou", desabafou.

Mesmo com 67 anos de idade, Rita ainda explora seu lado sensual e até mesmo sexual para conseguir pagar as contas. Ela abriu um perfil no OnlyFans, onde publica conteúdos eróticos para os assinantes de sua página.

"É uma forma de ganhar dinheiro, porque até então eu não estava trabalhando, meu primeiro show vai ser no dia 11 agora. É o meu primeiro show desde o ano passado, então me ajuda a viver. Eu também gosto porque tento fazer fotos muito bonitas com fotógrafo e maquiador, tudo muito bonito, para mim ali é uma revista eletrônica, é uma Playboy, uma sexy, um revista que eu produzo do jeito que eu quero", comentou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos