Rita Cadillac usa renda de fotos sensuais para pagar as contas na pandemia: 'Sem fazer shows'; veja outros famosos que adediram à plataforma adulta

·5 minuto de leitura

A ideia é criar uma relação mais próxima com os fãs mais dedicados. Isso se eles possuírem cartão de crédito e estiverem dispostos a desembolsar uma quantia (em dólar) para ter acesso ao conteúdo exclusivo. Este é, em linhas gerais, o ponto de partida que movimenta a plataforma OnlyFans. No ar desde 2016, a rede social, permite que o famoso — ou anônimo — compartilhe suas produções e estipule o valor a ser pago por elas. Vale tudo: de música e culinária a nudez e sexo. Ah, bom ressaltar, é para maiores!

A exemplo do que acontece fora do país, a lista dos famosos brasileiros que criaram um perfil tem ficado mais robusta. Seja para estar presente em todas as mídias, exibir-se ou até faturar algum a mais. Anitta, MC Rebecca, Rita Cadillac, o ex-BBB Wagner Santiago e Mulher Melão são alguns dos nomes que surfam na onda.

Para se ter ideia, a plataforma já conta com mais de 130 milhões de usuários no mundo e 1,5 milhão de criadores de conteúdo, segundo dados cedidos pela OnlyFans, que fica com 20% do faturamento adquirido através do site. Ao menos 300 pessoas já atingiram receitas de U$1 milhão (R$5 milhões). Entre elas está a brasileira Suzy Cortez, que diz chegar a esse valor por mês.

Rita Cadillac

Rita Cadillac é uma das que aderiu à plataforma há cerca de três meses. Lá não é lugar de timidez e ela mostra tudo. “Tem fotos produzidas, bonitas, feitas por fotógrafo... Nu artístico mesmo”, explica a ex-chacrete, que também disponibiliza vídeos quentes para os fãs. É com a renda adquirida na plataforma, aliás, que ela tem se mantido no período de pandemia. “Resolvi criar a página após amigos me darem a ideia. Estava sem trabalho e sem fazer shows, precisava de uma renda extra para pagar as contas”, resume ela: “O crescimento lá é mais lento, a gente gostaria que fosse maior (o rendimento), claro. Mas está bom, não dá para reclamar”.

Rita acrescenta que fica bastante feliz com a receptividade de seu público. "O pessoal me elogia bastante", comenta ela, de 67 anos, que espera aguarda o término da pandemia para retornar aos trabalhos nos palcos. "Já tomei a primeira dose da vacina", conta.

Anitta

A Poderosa Anitta não deixou de lado mais esse canal com seu público e, claro, a oportunidade de lucrar com ele. Ao contrário de outros famosos, a artista de 28 anos não surge nua na plataforma. Mas isso não quer dizer que ela não cause: usa e abusa da sensualidade no conteúdo que compartilha. Há cliques, por exemplo, em que surge usando apenas lingerie. Num deles, aliás, a cantora aparece com os seios à mostra, sob uma blusa transparente, bastante estilosa. Anitta interage com admiradores por lá, como aconteceu quando lançou o último trabalho, “Girl from Rio”, e divulgou áudio de papos com os admiradores. Um dos vídeos compartilhados por ela no Onlyfans, que deu o que falar, foi o registro do momento em que ela, animadíssima, fez uma tatuagem no ânus. As imagens vazaram pouco tempo depois. A plataforma faz parte das estratégias de divulgação do trabalho da artista, como aconteceu na época em que trabalhava a música “Loco”. Para ter acesso ao que a cantora apronta por lá, os fãs precisam desembolsar a quantia de U$ 5 (cerca de R$ 25) por mês.

Wagner Santiago

O ex-BBB Wagner Santiago, de 38 anos, posa sem roupa para seus assinantes. Solteiro, encara a nudez como “algo muito natural” e decidiu embarcar nessa depois de ter conteúdos íntimos vazados. “Minha intenção não é chocar ninguém, quero é estar livre para me expressar do jeito que quiser” diz ele, que namorou a ex-BBB Gleice Damasceno.

Suzy Cortez

Suzy Cortez, de 31 anos, foi a primeira brasileira a entrar no OnlyFans, em 2016. Deu tão certo que diz faturar cerca de R$ 5 milhões por mês com conteúdo sensual que publica. “Chega a isso e , às vezes, até passa. O mais importante para mim é satisfazer os meus fãs e deixá-los felizes. E para eles estarem mais próximos de mim, né? Uma sex symbol”, justifica.

MC Rebecca

Já MC Rebecca usa a plataforma como um canal de divulgação de seu trabalho, faturando a mais com isso. Recentemente, a artista lançou o EP “Outro lado” com quatro canções, cada uma acompanhada de um vídeo. Durante a produção, fez questão de preparar materiais específicos para a plataforma: “Gravamos os clipes em dois dias. (No OnlyFans) são conteúdos exclusivos do que aconteceu nos bastidores das gravações dos meus vídeos. Coisas que eu não postei nas minhas redes, e as pessoas vão poder ver por lá”, afirma a artista.

Mulher Melão

Renata Frisson, a Mulher Melão, anda faturando alto. A bela, de 34 anos, disponibiliza conteúdos para lá de quentes. Celebra ter fãs de todo o mundo e, além disso, diz que prefere o OnlyFans a participar de um reality show. “Gosto de dançar, cantar, malhar, fazer sexo e repetir. Nessa ordem”, diz seu perfil.

Nubia Oliiver

A modelo Nubia Oliiver falou sobre sua participação na plataforma. De acordo com ela, decidiu criar o perfil depois que suas postagens (mais sensuais) começaram a ser derrubadas em outras plataformas. "Resolvi entrar em algo que não tivesse essas diretrizes chatas e lá é rentável. Está pagando as minhas contas nessa fase de pandemia", explicou Nubia, de 47 anos: "O conteúdo meu são fotos sensuais, mas nada erótico. Seria tipo uma 'Playboy' (revista). Vão ver o nu completo."

Na plataforma, mas nem tanto

Há também aqueles que chegaram a criar uma página na rede, como o cantor Silva, que causou frisson entre os fãs ao divulgar o próprio perfil. Mas ele parou por aí: o artista nunca compartilhou qualquer conteúdo. Há ainda outros que eram presenças mais frequentes na rede e mudaram: esse é o caso da ex-BBB Ariadna Arantes, que também participou desta edição de “No Limite”. Em março deste ano, ela anunciou a novidade: “Agora eu também sou uma OnlyFans Girl”, quando ressaltou que o conteúdo era para maiores de 18 anos. Ariadna, porém, não tem atualizado a plataforma, e sua última publicação é de abril deste ano. Na página, ela se descreve como “geminiana e cheia de surpresas”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos